PUBLICIDADE
Topo
Notícias

Notícias

Brasil alcança 35,3 milhões de vacinados contra covid, 16,68% da população

Brasil chegou a 35,3 milhões de vacinados contra a covid-19 - Bruno Concha/Prefeitura de Salvador
Brasil chegou a 35,3 milhões de vacinados contra a covid-19 Imagem: Bruno Concha/Prefeitura de Salvador
do UOL

Colaboração para o UOL, em São Paulo

09/05/2021 20h06

O Brasil chegou a 35,3 milhões de vacinados contra a covid-19 neste domingo (9). No total, 35.327.845 pessoas receberam ao menos uma dose de vacina contra a doença, o correspondente a 16,68% da população do país. Os dados foram levantados pelo consórcio de veículos de imprensa do qual o UOL faz parte, com base nas informações fornecidas pelas secretarias estaduais de saúde.

A primeira dose de imunizante foi aplicada em 91.896 brasileiros entre ontem e hoje. No mesmo período, outros 28.358 receberam a segunda dose. Onze estados não enviaram dados atualizados sobre a vacinação até o fechamento do boletim do consórcio às 20h: Amazonas, Amapá, Ceará, Maranhão, Minas Gerais, Paraíba, Rio de Janeiro, Rondônia, Roraima, Santa Catarina e Sergipe.

Até o momento, 17.744.038 pessoas receberam as duas doses de vacina, seguindo a recomendação dos laboratórios responsáveis pela produção da CoronaVac, Oxford/AstraZeneca e Pfizer/BioNTech. O número equivale a apenas 8,38% da população nacional.

O Mato Grosso do Sul é o estado que, proporcionalmente, mais aplicou a primeira dose de vacina em sua população: 21,7% dos habitantes locais.

Em termos percentuais, o estado de São Paulo lidera entre aqueles que mais vacinaram com a segunda dose: 10,36% de sua população.

Ministério da Saúde distribui 1 milhão de vacinas da Pfizer nesta segunda

Um novo lote com 1,12 milhão de doses da vacina contra covid-19 da Pfizer/BioNTech começará a ser distribuído amanhã. Segundo o Ministério da Saúde, as doses serão enviadas para todos os estados e o Distrito Federal de maneira proporcional e igualitária.

A pasta informou hoje que as doses devem ser usadas para aplicação de primeiras doses em pessoas com comorbidades, gestantes e puérperas ou pessoas com deficiência permanente.

Este imunizante precisa ficar armazenado em temperaturas mais baixas — de -90ºC a -60ºC — e nas salas de vacinação a refrigeração costuma ficar entre 2º e 8º?. Quando está guardado em temperaturas mais altas, as vacinas precisam ser aplicadas em até cinco dias, portanto, o ministério orienta que a vacinação com as doses de Pfizer se concentre nas capitais dos estados.

O envio das doses de vacina Pfizer havia sido anunciado ontem pelo presidente Jair Bolsonaro, que usou suas redes sociais para compartilhar a informação. Segundo o presidente, também serão distribuídas 3,9 milhões de doses da vacina de Oxford/AstraZeneca, produzidas no Brasil pela Fiocruz (Fundação Oswaldo Cruz).

Veículos se unem pela informação

Em resposta à decisão do governo Jair Bolsonaro de restringir o acesso a dados sobre a pandemia de covid-19, os veículos de comunicação UOL, O Estado de S. Paulo, Folha de S.Paulo, O Globo, G1 e Extra formaram um consórcio para trabalhar de forma colaborativa para buscar as informações necessárias diretamente nas secretarias estaduais de Saúde das 27 unidades da Federação.

O governo federal, por meio do Ministério da Saúde, deveria ser a fonte natural desses números, mas atitudes de autoridades e do próprio presidente durante a pandemia colocam em dúvida a disponibilidade dos dados e sua precisão.

Você utiliza a Alexa? O UOL fornece informações à inteligência artificial por voz da Amazon, com boletins de notícias e dados atualizados do número de brasileiros vacinados contra a covid-19. Para saber sobre a vacinação no país ou no seu estado com a credibilidade do UOL, pergunte: "Alexa, quantas pessoas já foram vacinadas no Brasil?", por exemplo, ou "Alexa, quantas pessoas foram vacinadas?". Nos encontramos lá!

Notícias