PUBLICIDADE
Topo
Notícias

Notícias

Conteúdo publicado há
15 dias

Doria anuncia a compra de 30 milhões de doses da CoronaVac para vacinar SP

Atualmente, SP possui contratos para a destinação de 100 milhões de doses da CoronaVac ao governo federal - Divulgação/Governo de São Paulo
Atualmente, SP possui contratos para a destinação de 100 milhões de doses da CoronaVac ao governo federal Imagem: Divulgação/Governo de São Paulo
do UOL

Do UOL, em São Paulo

19/04/2021 16h29Atualizada em 20/04/2021 00h44

O governador de São Paulo, João Doria (PSDB), anunciou hoje a compra de 30 milhões de doses da CoronaVac e prometeu vacinar toda a população do estado contra o novo coronavírus até o final do ano.

"A partir de setembro, após o cumprimento integral do nosso compromisso, de SP com o Brasil, com o Ministério da Saúde, [com] o PNI (Programa Nacional de Imunização), nós já adquirimos 30 milhões de doses da vacina do [Instituto] Butantan junto ao laboratório Sinovac", disse o governador à rádio CBN SP.

Segundo Doria, os 30 milhões de doses começarão a ser aplicadas em São Paulo a partir outubro e possibilitarão concluir "a totalidade da vacinação em São Paulo, de todas as pessoas que podem ser vacinadas".

Receberemos até o final de setembro [os 30 milhões de doses] e vamos vacinar a totalidade da população do estado de São Paulo até 31 de dezembro deste ano
João Doria, governador de SP, em entrevista para a CBN

Atualmente, o governo de São Paulo possui contratos firmados para a destinação de 100 milhões de doses da vacina do laboratório chinês Sinovac ao governo federal.

A previsão é de que todas os 100 milhões de doses previstas no contrato sejam destinadas ao trato do Ministério da Saúde até setembro — e os 30 milhões de doses anunciadas hoje seriam, no caso, utilizadas integralmente para a imunização da população paulista.

Promessa e doses ao PNI

A promessa de imunizar toda a população do estado de São Paulo até o fim de 2021 não é nova. No início de fevereiro, em entrevista para o UOL, Doria já havia dito que todos os paulistas estariam imunizados "até o final do ano".

Segundo dados atualizados ontem pelo consórcio de veículos de imprensa do qual o UOL faz parte, 17% da população adulta de São Paulo já recebeu ao menos uma dose da vacina contra a covid-19, enquanto 8,4% já recebeu a segunda dose.

Hoje, o Butantan recebeu 3.000 litros de IFA (Ingrediente Farmacêutico Ativo), o insumo para as vacinas, para envasamento. Segundo o instituto, a quantidade é suficiente para garantir mais 5 milhões de doses da CoronaVac ao governo federal.

Também hoje, o instituto paulista enviou mais 700 mil doses da CoronaVac ao Ministério da Saúde, fechando, assim, o último lote a ser enviado em abril para o PNI.

Ao todo, o governo de SP já repassou 41,4 milhões de doses da vacina envasada pelo Butantan ao governo federal. Em maio, as 5 milhões de doses envasadas a partir do lote de insumo que chegou hoje deverão ser encaminhadas ao PNI.

Notícias