PUBLICIDADE
Topo
Notícias

Notícias

Senadores republicanos sinalizam oposição ao impeachment de Trump

Senadores republicanos sinalizam oposição ao impeachment de Trump - Mandel Ngan/AFP
Senadores republicanos sinalizam oposição ao impeachment de Trump Imagem: Mandel Ngan/AFP

26/01/2021 20h48

Os esforços dos democratas dos Estados Unidos para condenar Donald Trump em seu julgamento de impeachment sofreram um novo golpe nesta terça-feira (26), quando quase todos os senadores republicanos apoiaram a rejeição da acusação, realçando o controle que o ex-presidente ainda tem sobre o partido.

A moção falhou depois que todos os 50 democratas e apenas cinco republicanos no Senado não apoiaram a pressão para rejeitar o caso antes do início do julgamento.

O resultado confirmou que os democratas terão dificuldade em persuadir 17 senadores republicanos - o número necessário para a maioria de dois terços exigida - a votarem para condenar Trump.

Rand Paul, senador republicano de Kentucky, levantou uma questão de ordem para realizar uma votação sobre a constitucionalidade do julgamento de impeachment em um momento em que Trump já deixou o cargo.

Os democratas então convocaram uma votação para eliminar a questão de ordem, vencendo por 55 a 45.

Paul disse depois "que 45 senadores concordaram que esta farsa de 'julgamento' é inconstitucional... Este 'julgamento' chegará morto ao Senado".

A Câmara dos Representantes apresentou um único artigo de impeachment ao Senado na segunda-feira acusando Trump de incitar a invasão ao Capitólio no início do mês, dando início ao histórico primeiro julgamento de impeachment de um ex-presidente.

O julgamento de Trump, que sofreu impeachment pela Câmara, de maioria democrata, pela segunda vez, deve começar na semana de 8 de fevereiro.

Notícias