PUBLICIDADE
Topo
Notícias

Notícias

Conteúdo publicado há
1 mês

SP: Suspeito de atirar de sacada é indiciado por dano e abuso de animais

Câmera flagra o morador ameaçando outros moradores no condomínio - Reprodução/TV Globo
Câmera flagra o morador ameaçando outros moradores no condomínio Imagem: Reprodução/TV Globo
do UOL

Rodolfo Vicentini

Do UOL, em São Paulo

21/01/2021 20h22

A Polícia Civil indiciou hoje o homem suspeito de ameaçar vizinhos, atirar com armas de airsoft contra as janelas de terceiros e arremessar objetos da varanda do seu apartamento em condomínio no bairro da Vila Andrade, em São Paulo.

Em nota enviada ao UOL, a SSP (Secretaria de Segurança Pública) do estado informou que o autor dos disparos, identificado pelo "Fantástico" como o comerciante Jin Ho Chang, prestou depoimento pela manhã e foi indiciado pelos crimes de dano, abuso de animais e periclitação de vida.

Segundo a secretaria, outros seis boletins de ocorrência foram identificados e anexados ao inquérito. A polícia não deu muitos detalhes sobre os objetos apreendidos na casa do investigado.

"A equipe da unidade cumpriu mandado de busca e apreensão na casa do investigado, onde encontrou um estilingue e material de metal semelhante ao encontrado na casa de vizinhos", informou a SSP.

O UOL tentou entrar em contato com os advogados do comerciante por telefone, porém, não houve respostas.

O caso

Conforme denunciou no "Fantástico", Chang coleciona multas e advertências no prédio por destratar funcionário da portaria, arremessar objetos da sacada e fazer ameaças à integridade física das pessoas.

"É uma sensação de pânico. Eu estou me sentindo um presidiário, para ser sincero. Eu uso metade do meu apartamento, eu não tenho mais usado a sala [de estar]. Cortinas ficam fechadas 24 horas por dia", contou à reportagem do "Fantástico" um dos moradores, que não quis ser identificado.

Uma das vizinhas dele mostrou 19 marcas de tiros na varanda do seu apartamento — ela teve que doar os cachorros para uma amiga com medo da integridade física dos animais. Um especialista apontou para a TV Globo que os projéteis seriam de armas de airsoft.

O condomínio chegou a filmar as ameaças do morador. Em um dos vídeos, ele aponta em direção a um apartamento e arregaça as mangas, como se estivesse chamando para briga. Segundo depois arremessa um objeto.

Panelaço

Durante a exibição da denúncia na Globo, uma panelaço foi visto no condomínio onde mora o suspeito. Uma das vizinhas, identificada como Juliana pelo Twitter, afirmou que está recebendo ameaças e comentários negativos após a repercussão do caso. Ainda assim, espera que medidas judiciais sejam finalmente tomadas contra o vizinho.

"O panelaço não foi protesto, foi só uma comemoração ao caso ganhando tração na mídia, visto que nem a polícia nem o jurídico conseguiam mudar essa situação", disse a moradora.

Notícias