PUBLICIDADE
Topo

Notícias

Trump é um perigo claro para o país, diz presidente da Câmara

13/01/2021 19h37

Washington, 13 jan (EFE).- A Câmara dos Representantes dos Estados Unidos aprovou nesta quarta-feira a abertura de um novo julgamento político do presidente do país, Donald Trump, nesta ocasião sob a acusação de "incitação à insurreição" antes do ataque ao Capitólio na semana passada por parte de centenas de seus apoiadores e que teve saldo de cinco mortes.

Com isso, Trump tornou-se o único presidente da história dos EUA a ter tido dois julgamentos políticos aprovados pela Câmara.

A votação desta quarta-feira terminou com placar de 232 congressistas favoráveis ao processo e 197 contrários, sendo que 10 políticos do Partido Republicano, o mesmo de Trump, se juntaram à oposição, do Partido Democrata, na decisão de aprovar a medida.

O próximo passo do processo é o julgamento em si, que será realizado pelo Senado, cujo presidente, o republicano Mitch McConnell, já tinha antecipado que não vai realizar uma sessão plenária antes do próximo dia 19, véspera da posse do democrata Joe Biden como novo governante. Desta forma, Trump deve completar seu mandato.

"Sabemos que o presidente dos Estados Unidos incitou esta insurreição, esta rebelião armada contra nosso país comum. Ele tem que sair. Ele é um perigo claro e presente para a nação que todos amamos", disse Nancy Pelosi, a presidente da Câmara, no debate antes da votação.

Os Estados Unidos estão passando por uma tensão política sem precedentes, após o violento ataque ao Capitólio ocorrido na semana passada e realizado por uma multidão de simpatizantes de Trump.

O presidente em fim de mandato criticou o processo de impeachment contra ele, classificando-o como "absolutamente ridículo" e "uma continuação da maior caça às bruxas da história da política" do país.

Notícias