PUBLICIDADE
Topo

Notícias

Filhos resgatam carro onde Dener morreu para restaurá-lo em documentário

do UOL

Lucas Cardoso

Colaboração para o UOL, no Rio de Janeiro (RJ)

15/09/2020 14h18

Marcado há mais de 25 anos pela forte batida que tirou a vida do craque Dener, em abril de 1994, o Mitsubishi Eclipse GS 1992 branco, apelidado de "Pássaro" pelo próprio jogador, enfim, voltou para as mãos da família.

O veículo foi resgatado hoje à tarde pelos três filhos do atleta em um galpão do vice-presidente de Futebol do Vasco da Gama, José Luiz Moreira, no Rio de Janeiro.

Para Dener Matheus Gabino de Souza, de 26 anos, filho mais novo do jogador, ver o carro que era xodó do seu pai é como uma oportunidade de reviver momentos que nunca vivenciou. O caçula tinha só quatro meses quando o pai faleceu.

"De verdade, todas as experiências que eu já tive, vendo entrevistas e as coisas do meu pai, nunca senti o que senti hoje. Uma sensação. A voz embargou, vontade de chorar, mas não conseguia chorar", comenta Dener Matheus.

O resgate do Eclipse é a primeira etapa de uma homenagem.

Os irmãos revelam que vão restaurar o veículo e produzir um documentário sobre a vida de Dener.

Dener Matheus Gabino Mitubishi Eclipse GS acidente fatal - Lucas Cardoso/UOL - Lucas Cardoso/UOL
Felipe Augusto mexe na placa DNR 0010 do Eclipse branco que pertenceu ao pai
Imagem: Lucas Cardoso/UOL

Depois da reforma, prevista para ser concluída em 40 dias, Dener Matheus e os irmãos pretendem levar o carro para ser exposto nos clubes por onde o pai passou.

A ideia é trazer uma lembrança para os torcedores que viram Dener com a bola no pé. "Uma lembrança do que foi a passagem do meu pai por esses clubes", conta o filho mais velho de Dener, Deniz Henrique, de 30 anos.

"É um projeto icônico, que vai trazer a tona toda essa emoção. Vai ser bastante trabalho. Tem muita questão técnica. Muita coisa não vai poder ser restaurada, então talvez até precisemos de carro doador" diz Emerson Calvo, dono da Dimension Customs - empresa responsável pelas restaurações das primeiras temporadas do quadro "Lata Velha", do programa Caldeirão do Huck" (TV Globo).

Restauração e patrocínio

Dener Matheus Galbino Mitubishi Eclipse GS acidente fatal interior - Lucas Cardoso/UOL - Lucas Cardoso/UOL
Carro permaneceu guardado em galpão no Rio de Janeiro por mais de 25 anos até ser resgatado
Imagem: Lucas Cardoso/UOL

Por conta do estado em que o esportivo se encontra, a empresa terá bastante trabalho pela frente.

"Vamos ter que cortar o carro da coluna B para a frente [do veículo]. Só teremos certeza se poderemos aproveitar algumas coisas depois que desmontarmos e lavarmos tudo", avalia Juliano Barbosa, sócio da Dimension Customs.

O cupê de placas DNR 0010, em alusão às consoantes do nome do jogador e ao seu número de camisa favorito, está parado desde 1994, quando ocorreu o acidente - uma batida contra uma árvore na Lagoa Rodrigo de Freitas, na capital fluminense.

Dener Mitsubishi Eclipse 1992 placa DNR 0010 - Reprodução - Reprodução
Dener posa com seu Eclipse GS 1992 antes do acidente trágico; craque chamava carro de 'Pássaro'
Imagem: Reprodução

O craque em ascensão, que chamou a atenção por seu futebol na Lusa e na época da morte estava emprestado ao Vasco da Gama, ocupava o banco do carona.

O Eclipse foi uma das pedidas feitas por Dener à Lusa para garantir a assinatura de contrato com o clube, em 1993. À época, inclusive, o carro ainda estava com os documentos no nome do clube, quando o acidente aconteceu.

"Temos a expectativa de conseguir patrocínios e, com isso, agilizarmos o processo. Um dos possíveis patrocinadores seria, inclusive, a própria Mitsubishi e a Mizuno, marca que patrocinava meu pai na época do acidente", relata Dener Matheus.

"É um projeto de reconstrução do carro, mas que também representa uma virada de página para a nossa família. Deixar de lado algo triste e negativo, que foi a morte do meu pai. De certa forma, esse carro vai eternizar a vida do meu pai, a história dele no futebol", complementa o filho mais novo.

Notícias