PUBLICIDADE
Topo

Notícias

Austrália registra maior número de mortes diárias por covid-19

6.jul.2020 - Agentes de saúde fazem testes para covid-19 em morador de uma das nove residências públicas em Melbourne (Austrália) que foram fechadas por conta de um aumento de casos do novo coronavírus - AFP
6.jul.2020 - Agentes de saúde fazem testes para covid-19 em morador de uma das nove residências públicas em Melbourne (Austrália) que foram fechadas por conta de um aumento de casos do novo coronavírus Imagem: AFP

09/08/2020 16h08

A Austrália registrou neste domingo o maior número de mortes por covid-19 em um único dia desde o início da pandemia, com 17 vítimas no estado de Victoria, onde houve um novo surto da doença nas últimas semanas.

Dez das mortes ocorreram em asilos, de acordo com o primeiro-ministro de Victoria, Daniel Andrews, e 394 casos do novo coronavírus foram detectados no estado, elevando o total para 14.659, enquanto em todo o país houve 21.084 infecções, das quais 295 morreram, 210 deles em Victoria.

Além disso, hoje as autoridades e Victoria anunciaram um pacote de ajuda de 59,7 milhões de dólares australianos (cerca de R$ 232,2 milhões) para serviços de saúde mental.

A Austrália parecia ter controlado a pandemia, mas no início de julho, houve um surto no estado de Victoria, com foco em sua capital Melbourne, que foi exacerbado pelo suposta falta de cumprimento das medidas de quarentena impostas aos viajantes internacionais.

As autoridades estatais ordenaram que o confinamento de Melbourne, iniciado em 9 de julho, durasse seis semanas. Mas como as transmissões locais continuaram, um toque de recolher foi imposto há uma semana e as restrições passaram para o nível quatro e aumentadas para até meados de setembro.

Essas novas medidas implica o fechamento de empresas não essenciais, como lojas de varejo e academias, bem como restrições às operações em setores como construção ou processamento de carnes.

Notícias