PUBLICIDADE
Topo

Notícias

Colômbia supera 12.000 mortes por COVID-19

07/08/2020 21h33

Bogotá, 8 Ago 2020 (AFP) - A Colômbia superou nesta sexta-feira (7) os 12.000 óbitos por COVID-19, que foi detectado pela primeira vez no país em 6 de março, segundo o balanço oficial divulgado pelo Ministério da Saúde.

Nas últimas 24 horas faleceram 311 pessoas, para um total de 12.250 óbitos. O país registra 367.196 contaminações, segundo as autoridades.

Com oito milhões de habitantes, Bogotá concentra 35% dos casos do país.

Está em vigor na capital colombiana um confinamento rigoroso em várias zonas, na tentativa de frear a velocidade de propagação do vírus e evitar um colapso da rede hospitalar.

Na última semana, a Colômbia somou uma média de 10.147 novos casos e 305 mortes por dia.

Em um mês, o país saltou de 4.359 óbitos em 7 de julho para mais de 12.000 mortes nesta sexta-feira.

A Colômbia encontra-se confinada desde 25 de março e até 30 de agosto por ordem do governo, embora com um número cada vez maior de exceções, com o objetivo de resgatar uma economia gravemente atingida pela pandemia.

O presidente Iván Duque citou um plano do governo para diminuir o avanço da pandemia, durante um evento comemorativo pelo aniversário do Exército e da famosa Batalha de Boyacá de 1819, que garantiu a independência da Colômbia da coroa espanhola.

"Estamos fazendo uma grande aposta para a reativação (...), para que a Colômbia tenha mais de 100 trilhões de pesos (cerca de 145 bilhões de reais) de investimento que gerem milhões de empregos e que nos permitam reativar as atividades de maneira segura", declarou Duque, há dois anos no poder.

Com cerca de 50 milhões de habitantes, a Colômbia é o quarto país mais atingido pela COVID-19 no continente em números de mortes e o quinto em contágios.

lv/gfe/am/mvv

Notícias