PUBLICIDADE
Topo

Indicador Antecedente sobe 7,0% em junho, dizem FGV e Conference Board

Cícero Cotrim

São Paulo

14/07/2020 12h01

O Indicador Antecedente da Economia Brasileira (IACE) subiu 7,0% em junho, aos 107,2 pontos. O dado foi publicado nesta terça-feira, 14, pela Fundação Getulio Vargas (FGV), que divulga o índice em parceria com The Conference Board.

Sete das oito séries que compõem o indicador contribuíram positivamente para o resultado.

"O avanço do IACE sinaliza a recuperação esperada como resultado do início do relaxamento das medidas de distanciamento social, apesar de uma incerteza elevada desse processo em relação às dinâmicas da pandemia", observou o pesquisador da FGV Paulo Picchetti.

Na outra ponta, o Indicador Coincidente Composto da Economia Brasileira (ICCE), que mensura as condições atuais, caiu 4,7%, para 92,8 pontos.

"Os últimos resultados ainda refletem os efeitos da recessão iniciada no primeiro trimestre do ano, principalmente sobre o mercado de trabalho", afirma Picchetti.

Notícias