PUBLICIDADE
Topo

Maduro diz que "o verdadeiro surto" de coronavírus chegou à Venezuela

2.mai.2020 - De máscara, homem aguarda para receber cesta básica fornecida pelo governo da Venezuela durante a pandemia - Humberto Matheus/NurPhoto via Getty Images
2.mai.2020 - De máscara, homem aguarda para receber cesta básica fornecida pelo governo da Venezuela durante a pandemia Imagem: Humberto Matheus/NurPhoto via Getty Images

De Caracas

09/07/2020 03h49

O presidente da Venezuela, Nicolás Maduro, advertiu nesta quarta-feira que a pandemia do novo coronavírus chegou ao país com mais força, depois que mais quatro mortes por covid-19 foram confirmadas nas últimas 24 horas, elevando o total, conforme dados oficiais, a 75.

"Estamos enfrentando uma tremenda pandemia no mundo. Na Venezuela, é o começo da pandemia, é o verdadeiro surto. Antes, tínhamos visto a chegada da pandemia, agora estamos vendo o verdadeiro surto", declarou Maduro durante uma reunião por videoconferência com a equipe governamental encarregada de deter o vírus SARS-CoV-2.

Entre as quatro vítimas das últimas 24 horas, estava uma mulher de 77 anos no estado ocidental de Lara, que foi infectada pelo contato com familiares que estavam no Equador e entraram no país ilegalmente, de acordo com o vice-presidente executivo, Delcy Rodríguez.

Também morreram duas pessoas no estado de Táchira, que abriga o principal posto fronteiriço com a Colômbia, ambas com 58 anos, e uma no estado de Zulia, no noroeste do país, que tem o pior foco do país.

Ainda segundo Maduro, 317 pessoas foram infectadas nas últimas 24 horas, elevando o total de casos no país vizinho para 8.010.

Notícias