PUBLICIDADE
Topo

Novo governo de Kosovo suspende travas às importações sérvias

06/06/2020 12h27

Pristina, 6 Jun 2020 (AFP) - O novo governo do Kosovo levantou, neste sábado (6), todos os obstáculos à importação de produtos sérvios, dando um passo em direção à retomada do diálogo com a Sérvia, país que não reconhece a independência de sua antiga província.

"Tomamos a importante decisão de levantar obstáculos para a continuação do diálogo", disse o primeiro-ministro Avdullah Hoti à imprensa, após uma reunião de seu gabinete.

Esta decisão foi anunciada três dias depois de sua tomada de posse no governo.

A decisão foi bem recebida por Miroslav Lajcak, diplomata eslovaco nomeado em abril como representante especial da UE para o diálogo entre Belgrado e Pristina.

"O rápido levantamento de obstáculos à retomada do diálogo facilitado pela UE mostra que o Kosovo se comprometeu claramente a voltar à mesa de negociações", disse Lajcak no Twitter.

Lançada em 2011 sob mediação da União Europeia, a retomada desse diálogo está paralisada desde novembro de 2018.

"Esperamos que o lado sérvio também suspenda todas as barreiras" ao diálogo, acrescentou Hoti, referindo-se à campanha de Belgrado para impedir o reconhecimento internacional do Kosovo, que proclamou sua independência em 2008.

A obstinação de Albin Kurti, antecessor de Hoti, em manter o conflito comercial com a Sérvia apesar das pressões de Washington e de Bruxelas, contribuiu para a queda de seu governo, que estava no poder desde fevereiro.

Belgrado também celebrou o gesto do Kosovo.

"É uma boa decisão suspender todas as medidas que prejudicam o comércio entre Belgrado e Pristina", disse o presidente sérvio Aleksandar Vucic, entrevistado pela televisão privada Prva.

Antes desta guerra comercial, a Sérvia exportava mais de 400 milhões de euros em mercadorias por ano para o Kosovo.

ih-rus/mar-me/es/jc

Notícias