PUBLICIDADE
Topo

RecordTV é condenada a pagar R$ 2 milhões por pintar arte rupestre em MG

Pintura rupestre teria sido apagada pela TV Record em Minas Gerais - Divulgação/MPMG
Pintura rupestre teria sido apagada pela TV Record em Minas Gerais Imagem: Divulgação/MPMG
do UOL

Do UOL, em São Paulo

16/02/2020 18h51Atualizada em 16/02/2020 20h41

A TV Record foi condenada a pagar uma multa de R$ 2 milhões por pintar de branco uma pintura rupestre em uma parede da cidade de Diamantina (MG). A emissora pintou a parede durante as gravações da minissérie "Rei Davi", que foi exibida em 2012. As informações são do jornal "El País Brasil".

Um relatório, feito a pedido do Ministério Público de Minas Gerais, comprovou que a área, um patrimônio cultural do Brasil, havia sido pintada com tinta branca vinílica, danificando o desenho original, de acordo com a reportagem.

A Record disse, segundo o jornal, que é impossível relacionar a tinta com as gravações, já que a perícia aconteceu quase dois anos após as gravações. A emissora afirmou, ainda, que as filmagens da minissérie aumentaram o turismo na região e que não sabia que a região possuía um sítio arqueológico.

A condenação foi em segunda instância e a TV ainda pode recorrer.

Notícias