Topo

Empresas assinam acordo de cooperação em projetos de energia

Luciana Collet

São Paulo

13/11/2019 16h50

O braço brasileiro da chinesa State Power Investment Corporation (SPIC Brasil), o grupo Prumo, controlado pelo EIG Global Energy Partners e a Siemens AG anunciaram nesta quarta-feira a assinatura de um memorando de entendimento (MoU) sobre um acordo de cooperação para o desenvolvimento de projetos de energia no Brasil.

A assinatura ocorreu durante a reunião do BRICs, em cerimônia que contou com a presença dos principais executivos das companhias envolvidas.

Em nota, a SPIC Brasil explicou que a contribuição da empresa no acordo está centrada em sua experiência em operação e estratégia de gestão de projetos no Brasil. A Siemens, por sua vez, contribuirá com a experiência em tecnologia e o Grupo Prumo com investimentos de longo prazo. "A parceria permite ampliar a gama de projetos e confere maior confiança no investimento que porventura seja desenvolvido", afirmou.

Prumo e Siemens já são sócias na Gás Natural Açu (GNA), joint venture da qual também a BP é sócia. A empresa é responsável pela construção de um complexo termoelétrico localizado no Porto do Açu, no Rio de Janeiro. Por ora, estão em construção duas usinas termelétricas de ciclo combinado movidas a gás natural - GNA I e GNA II, com capacidade de gerar 3 mil MW de energia firme para, que serão abastecidas de gás natural liquefeito (GNL).

Siemens e SPIC também já assinaram um acordo de colaboração tecnológica abrangente entre as duas corporações, além de um acordo específico nas atividades de pesquisa e desenvolvimento de turbinas a gás "heavy-duty".

Notícias