Topo

Homem morre após ser atacado por leões em reserva da África do Sul

20/08/2019 13h30

Johanesburgo, 20 ago (EFE).- Um homem morreu nesta terça-feira após ser atacado por três leões em uma reserva privada perto de Pretória, na África do Sul, segundo informaram os serviços de emergência.

Os animais, duas fêmeas e um macho, foram sacrificados no local e, por enquanto, ainda não há informações sobre as circunstâncias do fato.

"A causa exata do incidente é desconhecida, mas podemos confirmar que havia três leões mortos na cena, dos quais um estava muito perto da vítima", indicou Xander Loubser, porta-voz dos serviços de ambulâncias privadas Best Care, em comunicado de imprensa.

O ataque ocorreu na região da reserva Dinokeng Game Reserve, a cerca de 40 quilômetros de Pretória, uma área dedicada tanto ao turismo como à conservação.

A vítima era, de acordo com a imprensa local, proprietária dos animais e os atendia em um recinto fechado quando ocorreram os fatos.

Inicialmente, os paramédicos receberam uma chamada de urgência quando apenas dois animais tinham sido mortos.

O terceiro ainda estava vivo junto com a vítima, da qual não era possível se aproximar.

"Momentos depois recebi outra ligação que falava que o terceiro leão tinha sido abatido e, como consequência, foi possível se aproximar do paciente, que já estava morto", detalhou Loubser.

O homem atacado estava clinicamente morto quando os paramédicos chegaram e apresentava múltiplços ferimentos, além de ter perdido grande quantidade de sangue. EFE

Mais Notícias