Topo

Banco do Brasil estreia comercial após veto polêmico de Bolsonaro; veja

do UOL

Renato Pezzotti

Colaboração para o UOL, em São Paulo

19/08/2019 09h17

O Banco do Brasil lançou um novo comercial divulgando que é possível abrir conta pelo aplicativo de celular. É a primeira propaganda com o tema após o veto do presidente Jair Bolsonaro à campanha inicial, veiculada em abril. Na época, Bolsonaro afirmou que "a linha publicitária do banco havia mudado" e que era necessário "respeito à família".

O comercial vetado, que ficou cerca de 15 dias no ar, tinha presença de muitos atores com tatuagens e cabelos coloridos, além de uma personagem transexual. Na época, o banco alegou a "falta de diversidade de perfis de jovens brasileiros".

A nova propaganda, mais conservadora, mostra mais de 50 jovens, quase todos vestindo amarelo, a cor da marca do banco. A ideia continua sendo destacar a praticidade no processo 100% digital de abertura de contas, feita diretamente pelo aplicativo.

O Banco do Brasil tem, atualmente, 15% de seus clientes entre 20 e 30 anos, fatia menor que os quase 18% com mais de 65 anos. O banco tenta se vender como digital enquanto enfrenta a maior concorrência de fintechs (empresas inovadoras do setor financeiro).

A campanha foi criada pela agência WMcCann. Relembre o comercial vetado:

Mais Notícias