Topo

'Pretendo beneficiar filho meu, sim', diz Bolsonaro sobre embaixada nos EUA

do UOL

Alex Tajra

Do UOL, em São Paulo

18/07/2019 20h04

O presidente Jair Bolsonaro (PSL) voltou a defender nesta noite a indicação do deputado federal Eduardo Bolsonaro (PSL-SP), 35, para a embaixada do Brasil nos Estados Unidos. Entre os argumentos, disse que "se puder dar um filé mignon para o meu filho, eu dou" e afirmou que pretende "beneficiar o filho, sim."

A declaração foi feita na sua transmissão semanal ao vivo pelas redes sociais. Bolsonaro dedicou quase 10 dos 30 minutos do vídeo desta semana para expor seus argumentos pela indicação do filho.

"Mas não tem nada a ver com filé mignon essa história aí. É, realmente, nós aprofundarmos um relacionamento com um país que é a maior potência econômica e militar do mundo", completou.

Bolsonaro afirmou também duas vezes que "não é nepotismo" indicar o filho para o cargo de embaixador e deixou uma mensagem para os eleitores que se incomodaram com a iniciativa:

"Quem diz que não vai votar mais em mim, paciência. É igual aquele maridão malandro. Está lá, felicíssimo com a mulher seis meses depois do casamento. Em um dia lá, a mulher queima o ovo dele. Ovo na frigideira, pra deixar bem claro [risos]. Aí pronto, já quer acabar com o casamento. Não tem cabimento isso aí. Vai ter coisas que eu vou desagradar vocês"
Jair Bolsonaro (PSL), presidente da República

Pela terceira vez no dia, o presidente da República também afirmou que "se quiser", convoca o ministro Ernesto Araújo (Relações Exteriores) para assumir a embaixada nos Estados Unidos e entrega a pasta a Eduardo Bolsonaro (PSL). Ele já havia proferido a mesma fala em uma agenda pela manhã e no evento que marcou os 200 dias do governo.

Críticas aos últimos embaixadores

"De 2003 para cá, me aponte uma boa ação dos diplomatas que estavam nos Estados Unidos, na época petista, fizeram de bom ao Brasil?[sic] Nada, nada!", disse Bolsonaro.

Ele falou que as últimas indicações foram "políticas, no mau sentido, de esquerda".

Embaixador é mais "produtivo" que deputado

Ao lado do deputado federal Hélio Lopes (PSL), o presidente também comparou o papel que o filho poderia desempenhar em Washington com a atividade parlamentar.

"Alguns falam que ele [Eduardo Bolsonaro] tem compromisso com 1 milhão e 800 mil eleitores, tudo bem, acontece. Mas nesse mar, que está o Hélio lá, de 513 deputados, um bom embaixador dos Estados Unidos é muito mais produtivo, com todo respeito que tenho ao Hélio que está do meu lado aqui", disse.

Bolsonaro defende filho Eduardo na embaixada dos Estados Unidos

UOL Notícias

Mais Notícias