Topo

Amazon e Exxon são alvo de campanha sobre mudança climática

Eric Roston

2019-06-17T14:25:40

17/06/2019 14h25

(Bloomberg) -- A Amazon.com, a Exxon Mobil e a Volvo estão entre as mais de 700 empresas que são alvo de uma campanha apoiada por um grande grupo de investidores que defendem uma maior transparência quando se trata de impacto ambiental.

O HSBC Global Asset Management, a Investec Asset Management e quase 85 outros investidores que representam US$ 10 trilhões em ativos pedem que as empresas cumpram o processo de divulgação de informações liderado pelo Carbon Disclosure Project, um grupo de pesquisa britânico sem fins lucrativos que solicita e divulga informações ambientais corporativas.

Investidores e observadores interessados precisam de "informações consistentes e comparáveis coletadas em um lugar para que possam avaliar o desempenho e usar os dados para basear suas decisões", disse Emily Kreps, diretora global de iniciativas de investidores do CDP. O HSBC e a Investec não responderam imediatamente a um pedido de comentário.A campanha tem como alvo empresas que, segundo o grupo, não divulgam essas informações há vários anos.

Investidores que participam da iniciativa do CDP "são gestores ou proprietários de ativos que possuem uma compreensão sofisticada da divulgação [ambiental, social e de governança] que precisam das empresas para seus processos de investimento", disse Kreps. "Esperamos trabalhar com mais investidores sobre isso no futuro, especialmente à medida que a demanda por dados ambientais corporativos continue aumentando."

Na Amazon, mais de 7.600 funcionários apoiaram recentemente uma medida de acionistas para fazer com que a empresa desenvolva uma postura mais ativa de combate à mudança clima. (A iniciativa não deu certo. A empresa disse que pretende divulgar sua pegada de carbono ainda este ano.)

A Exxon disse em comunicado por e-mail que "não participa mais da pesquisa Carbon Disclosure Project porque nosso material publicamente disponível fornece uma perspectiva abrangente e significativa sobre como vemos e abordamos os riscos relacionados à mudança climática". A Amazon, por sua vez, disse que estabeleceu um "objetivo de que 50% de todos os envios da Amazon sejam zero carbono líquido até 2030".

A Volvo não respondeu imediatamente a um pedido de comentário.

Mais Notícias