Topo

Reino Unido 'aprova' Huawei na rede 5G

2019-04-24T09:08:00

24/04/2019 09h08

Londres, 24 Abr 2019 (AFP) - A primeira-ministra britânica, Theresa May, aprovou a participação da Huawei na rede de Internet móvel 5G do país, apesar da polêmica sobre a suspeita de espionagem da companhia chinesa a favor do governo de Pequim - anunciou o jornal "Daily Telegraph" nesta quarta-feira.

O governo deve autorizar apenas um trânsito limitado da Huawei, para que não tenha acesso ao coração da rede e apenas a infraestruturas menos sensíveis, como as antenas, informou o jornal.

A decisão foi tomada durante a reunião, ontem, do Conselho de Segurança Nacional (NSC, na sigla em inglês), presidido por May e formado por ministros e autoridades de alto escalão dessa área.

A premiê aprovou a participação da Huawei, apesar da oposição de vários membros do governo, incluindo o ministro do Interior, Sajid Javid; o das Relações Exteriores, Jeremy Hunt; o da Defesa, Gavin Williamson; e o do Comércio Internacional, Liam Fox.

Downing Street não quis confirmar a informação do "Telegraph".

"Não comentamos as discussões do NSC", disse um porta-voz.

O Ministério Digital lembrou que o governo está elaborando um estudo sobre a rede de telecomunicações britânica.

A Huawei comemorou a informação publicada pelo jornal, sem confirmá-la diretamente.

jbo/pn/sbr/pc/zm/tt

Mais Notícias