Topo

Bolsa tem maior alta em 2 semanas; dólar sobe e fecha valendo R$ 3,867

do UOL

Do UOL, em São Paulo

2019-03-26T17:07:41

2019-03-26T17:30:30

26/03/2019 17h07Atualizada em 26/03/2019 17h30

O Ibovespa, principal índice da Bolsa brasileira, fechou em alta de 1,76%, a 95.306,82 pontos. É a maior alta percentual diária em duas semanas, desde 11 de março (2,79%).

O dólar comercial fechou em alta de 0,24%, cotado a R$ 3,867 na venda. O valor do dólar divulgado diariamente pela imprensa, inclusive o UOL, se refere ao dólar comercial. Para turistas, o valor sempre é maior.

Ações da Natura disparam 9,7%

A maior alta da Bolsa no dia foi da Natura, que disparou 9,73%. A empresa havia acumulado perdas de mais de 12% nas duas últimas sessões após afirmar que negocia um acordo para comprar a concorrente a Avon.

Também fecharam em alta os papéis da Petrobras (4,72%), do Banco do Brasil (2,35%), da Vale (1,47%), do Itaú Unibanco (1,04%) e do Bradesco (0,65%). Essas empresas têm grande peso sobre o Ibovespa.

Mercado observa reforma da Previdência

O mercado acompanhava o andamento da reforma da Previdência no Congresso. Hoje, o ministro da Economia, Paulo Guedes, cancelou sua participação em uma audiência pública para discutir a proposta na CCJ (Comissão de Constituição e Justiça). A CCJ é o primeiro órgão colegiado a analisar a reforma da Previdência, e a ausência de Guedes aumentou as preocupações sobre as negociações.

No lugar de Guedes, técnicos do ministério da Economia foram enviados à CCJ. Deputados de oposição criticaram a atitude do governo e cancelaram a sessão. Em um acordo de líderes, comissão decidiu convidar Guedes novamente para prestar esclarecimentos na quarta-feira da semana que vem (03/4). Se desistir, ele será convocado automaticamente e obrigado a comparecer.

"Claramente há um problema de falta de articulação. Sem a Previdência devidamente encaminhada até o começo do segundo semestre, o preço 'justo' do dólar será a partir de R$ 3,90, a caminho de R$ 4", disse à agência de notícias Reuters o diretor de câmbio da Intercam Corretora, Jaime Ferreira.

Atuação do BC

O BC vendeu nesta sessão 14,5 mil swaps cambiais tradicionais, equivalente à venda futura de dólares. Com isso, já renovou US$ 10,875 bilhões do total de US$ 12,321 bilhões que vencem em abril.

(Com Reuters)

Entenda como funciona o câmbio do dólar

UOL Notícias

Mais Notícias