Topo

Tabloide teria pagado US$ 200 mil por fotos de Bezos

2019-03-19T19:09:00

19/03/2019 19h09

WASHINGTON, 19 MAR (ANSA) - O tabloide sensacionalista National Enquirer, controlado por um amigo do presidente Donald Trump, teria pagado US$ 200 mil para obter fotos e mensagens íntimas do CEO da Amazon, Jeff Bezos, e de sua namorada, Lauren Sánchez.   

A notícia é do diário The Wall Street Journal, que afirma que as informações foram vazadas ao tabloide pelo próprio irmão de Lauren, o caçador de talentos Michael Sánchez. Habituado com as fofocas do mundo do entretenimento, Michael era fonte recorrente do diretor do National Enquirer, Dylan Howard.   

Ambos teriam convencido o dono do tabloide, David Pecker, amigo de Trump, a pagar US$ 200 mil para obter o material. A relação entre Bezos e Lauren foi revelada pelo National Enquirer em janeiro, quando o magnata ainda estava se divorciando de sua esposa, MacKenzie Bezos, após 25 anos de casamento.   

No mês seguinte, o próprio Bezos revelou ter sofrido uma tentativa de extorsão por parte do tabloide, que ameaçava publicar fotos íntimas caso o Washington Post, jornal do CEO da Amazon, continuasse investigando o National Enquirer.   

Em seu blog, Bezos divulgou na íntegra as mensagens ameaçadoras enviadas a ele e também citou conexões entre a American Media (AMI), empresa de Pecker, e o governo da Arábia Saudita, acusado de matar o jornalista Jamal Khashoggi, que colaborava com o Washington Post.   

Pecker mantinha uma "caixa-forte" de escândalos potencialmente danosos a Trump e havia pagado para garantir o direito de exclusividade sobre histórias envolvendo o presidente antes das eleições de 2016, com o objetivo de não publicá-las.   

As autoridades judiciárias garantiram imunidade a Pecker, em troca de informações sobre o suposto envolvimento de Trump nos pagamentos que Michael Cohen, ex-advogado do presidente, fez a duas mulheres, Stephanie Clifford e Karen McDougal, que dizem ter tido relações extraconjugais com o republicano. (ANSA)
Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.


Mais Notícias