PUBLICIDADE
Topo
Notícias

Notícias

Conteúdo publicado há
1 mês

Israel assegura ter informado os EUA sobre medidas contra ONGs palestinas

21.jun.2019 - Manifestante com bandeira da Palestina na Faixa de Gaza - Abu Mustafa/Reuters
21.jun.2019 - Manifestante com bandeira da Palestina na Faixa de Gaza Imagem: Abu Mustafa/Reuters

23/10/2021 17h03

Um dirigente israelense assegurou neste sábado (23) que os Estados Unidos foram informados da decisão de Israel de incluir seis organizações não governamentais palestinas em sua lista de "organizações terroristas", uma medida da qual Washington tomou certa distância.

O Ministério da Defesa israelense anunciou na sexta-feira a inclusão em sua lista de seis ONGs vinculadas à Frente Popular para a Libertação da Palestina (FPLP), grupo armado palestino de viés marxista.

A decisão recebeu duras críticas da Autoridade Palestina e organizações internacionais.

Os Estados Unidos, grandes aliados de Israel, disseram na sexta-feira que a medida foi adotada sem que tivessem sido avisados antes.

"O governo israelense não nos avisou", destacou em declarações à imprensa o porta-voz do Departamento de Estado americano, Ned Price.

"Consultaremos nossos parceiros israelenses para obter mais informações sobre os motivos" desta decisão, acrescentou.

No entanto, um alto funcionário israelense do Ministério da Defesa afirmou neste sábado que "as autoridades do governo americano estavam a par".

Esta fonte, que pediu para ter sua identidade preservada, insistiu nos vínculos entre as seis ONGs e a FPLP, acusando-as de "obter fundos, lavar dinheiro e recrutar militantes" para o grupo palestino.

Notícias