PUBLICIDADE
Topo
Notícias

Notícias

Conteúdo publicado há
15 dias

Rússia tem maior número de casos do novo coronavírus desde 19 de agosto

24/09/2021 04h16

Moscou, 23 set (EFE).- A Rússia registrou nesta quinta-feira mais 21.438 casos de infecção pelo novo coronavírus, de acordo com balanço as autoridades do país, a maior quantidade de notificações desde 19 de agosto deste ano.

Na comparação com a véspera, houve alta de 1.732 positivos.

Ainda de acordo com os dados divulgados hoje, houve no território russo mais 820 mortes por covid-19 nas últimas 24 horas, mesmo número do boletim apresentado em 26 de agosto, o mais alto das últimas semanas.

Segundo especialistas locais em epidemiologia, o aumento no número de casos de infecção está vinculado a fatores sazonais.

Mais cedo, o porta-voz do Kremlin, Dmitry Peskov, descartou a imposição de um novo confinamento geral da população, devido a alta na quantidade de positivos, mas lembrou que as autoridades locais podem decidir adotar a medida por conta própria.

Moscou, que desde o início da pandemia é o principal epicentro de contágio na Rússia, também registrou forte alta nos casos, com 3.445, o que representa 1.454 a mais do que na véspera.

A maior quantidade de mortes nas últimas 24 horas foi verificada na região metropolitana da capital, com 54, uma a mais que São Petersburgo.

Desde o início da pandemia, a Rússia totalizou 7.354.995 casos positivos, sendo o quinto país do mundo com maior contágio, atrás apenas de Estados Unidos, Índia, Brasil e Reino Unido. O número de mortes até hoje é de 201.445.

Notícias