PUBLICIDADE
Topo
Notícias

Notícias

Conteúdo publicado há
1 mês

Bogotá reabre estádios e casas noturnas após terceiro pico de covid

Mais de 11 milhões de pessoas foram imunizadas contra covid-19 na Colômbia, que tem 50 milhões de habitantes - Camilo Erasso/Long Visual Press/Universal Images Group via Getty Images
Mais de 11 milhões de pessoas foram imunizadas contra covid-19 na Colômbia, que tem 50 milhões de habitantes Imagem: Camilo Erasso/Long Visual Press/Universal Images Group via Getty Images

26/07/2021 18h25

A prefeitura de Bogotá anunciou nesta segunda-feira a reabertura de estádios, casas noturnas e centros culturais, que poderão funcionar com metade de sua capacidade, no momento em que diminuem as mortes e os casos de covid-19 na Colômbia, após o pico mais letal da pandemia.

"Isso nos alegra, porque faz parte da emoção, da felicidade, da saúde mental da população de Bogotá", comemorou a prefeita Claudia López. Entre abril e junho, a cidade, de 8 milhões de habitantes, foi o principal foco de uma onda agressiva da pandemia, que registrou recordes de mortos e infectados.

Os indicadores diminuíram nas últimas três semanas, mas a detecção recente no país da variante Delta é motivo de incerteza. "Este é um anúncio otimista, mas não pode nos levar a baixar a guarda", advertiu o secretário de Saúde da capital colombiana, Alejandro Gómez.

Mais de 11 milhões de pessoas foram imunizadas na Colômbia, que tem 50 milhões de habitantes. Em proporção à sua população, é o terceiro país da região com mais mortes causadas pelo novo coronavírus, atrás de Brasil e Peru.

Notícias