PUBLICIDADE
Topo
Notícias

Notícias

Conteúdo publicado há
1 mês

Governo britânico quer agilizar aprovação de vacinas contra variantes

04/03/2021 15h57

Londres, 4 mar (EFE).- O ministro da Saúde do Reino Unido, Matt Hancock, afirmou nesta quinta-feira que o governo do país planeja tornar mais ágil o sistema para aprovar eventuais vacinas desenvolvidas para combater novas variantes do novo coronavírus.

O titular da pasta indicou que será adotado uma "abordagem acelerada para aprovar com segurança futuras vacinas que funcionam contra alguma variante".

Hancock avaliou o programa nacional de imunização contra o novo coronavírus como de "enorme êxito". Ao todo, mais de 20 milhões de pessoas já receberam a primeira dose de alguma das vacinas desenvolvidas.

"Parte da razão pela qual temos conseguido desenvolver vacinas tão rapidamente até agora, se deve a abordagem rigorosa, mas flexível da MHRA (o órgão regulador britânico), que se baseou, na totalidade, em estudar da maneira mais rápido possível a segurança e a eficácia das vacinas", explicou o ministro.

Por sua vez, a diretora-executiva da MHRA, June Raine, admitiu hoje que não existem evidências que provem que os agentes imunizantes utilizados atualmente não sejam efetivos contra as novas cepas do patógeno que provoca a Covid-19.

A líder do órgão ainda garantiu que os especialistas do país estão "bem preparados para avaliar, quando for necessário, atualizações para garantir que as vacinas que serão administradas na população.

Raine citou, especialmente, as variantes britânicas, da África do Sul e do Brasil, que são mais contagiosas.

"Nosso objetivo é garantir que futuras modificações de vacinas, que respondam à novas variantes possam ser disponibilizadas no mais curto espaço de tempo possível, mas sem comprometer de forma alguma a segurança, a qualidade e a eficácia", disse a diretora do órgão regulador britânico.

Notícias