PUBLICIDADE
Topo
Notícias

Notícias

Justiça dos EUA acusa especialista iraniano de espionagem para Teerã

19/01/2021 15h40

Nova York, 19 Jan 2021 (AFP) - Os Estados Unidos prenderam um renomado analista no Irã e o acusaram de ser um agente a serviço do governo de Teerã, disse o Departamento de Justiça em um comunicado.

Lotfolah Kaveh Afrasiabi foi preso em sua casa perto de Boston, Massachusetts, na segunda-feira, de acordo com o Departamento de Justiça, que em sua acusação indicou que ele é responsável por "atuar e conspirar para atuar como um agente não registrado" do governo do Irã.

"Por mais de uma década, Kaveh Afrasiabi se apresentou ao Congresso, aos jornalistas e ao público americano como um especialista neutro e objetivo sobre o Irã", afirmou John Demers, procurador-geral para Segurança Nacional.

"No entanto, o tempo todo, Afrasiabi era na verdade um funcionário secreto do governo iraniano e da Missão Permanente da República Islâmica do Irã nas Nações Unidas (IMUN), que era pago para difundir sua propaganda", acrescentou.

Ele deve comparecer ao tribunal de Boston nesta terça-feira (19). Pode pegar até 10 anos de prisão se for condenado.

O site de Kaveh Afrasiabi, autor de vários livros e ensaios, afirma que ele lecionou na Universidade de Boston e foi professor visitante em Harvard há 30 anos e, em Berkeley, de 2000 a 2001.

pdh/caw/llu/lda/ic

Notícias