PUBLICIDADE
Topo

Notícias

Três mortos e seis feridos em acidente de trem na Escócia

Descarrilamento de trem na Escócia - Reuters
Descarrilamento de trem na Escócia Imagem: Reuters

12/08/2020 12h31

O descarrilamento de um trem na manhã de hoje no nordeste da Escócia fez três mortos, incluindo o condutor, e seis feridos, informou a polícia britânica dos transportes em comunicado.

"Apesar dos esforças das equipes de resgate, três pessoas foram declaradas mortas no local" do acidente, entre elas o condutor do trem, explicou a instituição, acrescentando que "seis pessoas foram levadas ao hospital com ferimentos".

Os feridos não correm risco de morte.

Mais cedo, a primeira-ministra da Escócia, Nicola Sturgeon, disse que o "incidente era extremamente sério". "Aconteceu em um local de difícil acesso para os serviços de emergência", acrescentou.

O primeiro-ministro britânico Boris Johnson disse ter ficado "triste ao saber do gravíssimo incidente em Aberdeenshire", transmitindo seus "pensamentos" às vítimas.

Colunas de fumaça podiam ser vistas no local do acidente, ocorrido em uma região acidentada, para onde foram vários veículos de resgate e um helicóptero, segundo imagens transmitidas pela BBC.

"No momento, estamos lidando com um incidente na linha em Stonehaven, Aberdeenshire, onde um trem descarrilou", tuitou a polícia de transportes britânica.

"Os policiais foram chamados às 09h43 (05h43 de Brasília) e permanecem lá ao lado de paramédicos e bombeiros", acrescentou a polícia, sem dar detalhes sobre as vítimas.

O trem, composto por uma locomotiva e quatro vagões, partiu às 06h38 (02h38 de Brasília) de Aberdeen para Glasgow.

Por enquanto, não há informações oficiais sobre a causa do acidente, mas fontes citadas na mídia britânica falam de uma possível ligação com as condições meteorológicas na região.

Chuvas fortes e tempestades ocorreram durante a noite de terça a quarta-feira na Escócia, o que causou inundações na área e perturbou o tráfego ferroviário.

Um deslizamento de terra ocorreu em Carmont, não muito longe do local do incidente.

"Nossas equipes trabalharam a noite toda para tentar manter a rede aberta, apesar de chuvas torrenciais e relâmpagos. Há, no entanto, interrupções em várias rotas", tuitou pela manhã Network Rail Scotland, que administra a rede ferroviária escocesa.

O deputado Andrew Bowie, que estava na cidade de Stonehaven na manhã desta quarta-feira, viu "casas e comércios danificados", testemunhou no Twitter.

"Mas teria sido muito pior sem o trabalho rápido dos moradores e dos serviços de emergência. Felizmente, a água está baixando rapidamente", acrescentou ele na rede social.

O acidente ocorreu no momento em que Aberdeen, de onde partiu o trem, está parcialmente confinada devido a um pico de casos de coronavírus, identificado na semana passada nesta cidade litorânea onde a indústria do petróleo está muito presente.

Pubs e restaurantes foram fechados e restrições de viagem reimpostas. Essas restrições, anunciadas há uma semana, serão mantidas, disse Nicola Sturgeon nesta quarta.

"Eu sei que o povo de Aberdeen, que está enfrentando condições climáticas extremas, assim como a covid, ficará desapontado com esta decisão", comentou Sturgeon.

"Mas quero agradecê-los por seguir as regras", concluiu.

O Reino Unido é o país mais enlutado da Europa pela atual pandemia, com mais de 46.000 mortos.

Notícias