PUBLICIDADE
Topo

Executados no Irã acusados de atentado que deixou 12 mortos

14/07/2020 12h17

Teerã, 14 Jul 2020 (AFP) - Duas pessoas consideradas culpadas de envolvimento em um atentado com explosivo que matou 12 pessoas em 2010 foram executadas - anunciaram autoridades iranianas nesta terça-feira (14).

"A pena capital de dois dos principais autores do atentado a bomba (2010) na cidade de Mahabad foi executada hoje", afirmou a Autoridade da província do Azerbaijão Ocidental (noroeste) em um comunicado.

Em setembro de 2010, 12 pessoas foram mortas, e 81 ficaram feridas, na explosão de uma bomba em Mahabad, uma cidade com uma grande população curda na província do Azerbaijão Ocidental, fronteiriça com Iraque e Turquia.

O texto publicado pelo Mizan Online, o site oficial da Justiça, especifica que os culpados eram "agentes de grupos terroristas ligados a serviços de Inteligência estrangeiros", sem revelar a identidade dos acusados, ou dos países envolvidos.

As autoridades iranianas responsabilizaram "elementos contrarrevolucionários" pelo episódio, ocorrido em uma região que era palco habitual de confrontos armados e por atentados atribuídos aos rebeldes curdos pelas autoridades.

O Irã acusa os Estados Unidos de apoiarem grupos baseados no nordeste do Iraque, especialmente o Komala e o PJAK (Partido para uma Via Livre do Curdistão, ligada ao PKK turco), que são os mais ativos.

ap/dv/bfi/me/mb/tt

Notícias