PUBLICIDADE
Topo

Notícias

Coronavírus: Bélgica obriga uso de máscara em locais públicos

11/07/2020 14h08

Dois meses após instituir o uso de máscaras de proteção no transporte público, o governo da Bélgica estende a obrigação, a partir deste sábado (11), para a maioria dos locais públicos do reino. Nos últimos dias, o número de novas contaminações por coronavírus estagnou, em vez de diminuir, e a idade média dos novos infectados vem caindo.

Dois meses após instituir o uso de máscaras de proteção no transporte público, o governo da Bélgica estende a obrigação, a partir deste sábado (11), para a maioria dos locais públicos do reino. Nos últimos dias, o número de novas contaminações por coronavírus estagnou, em vez de diminuir, e a idade média dos novos infectados vem caindo.

Lojas, bancos, tribunais, locais de culto, cassinos e salas de jogos, anfiteatros e todas as salas de conferências. A lista é enorme. A partir deste sábado, o uso de máscara é obrigatório na Bélgica em quase todos os locais de circulação de pessoas, como relata a correspondente da RFI em Bruxelas, Pierre Benazet.

A medida imposta pelo governo belga, preocupado com os números da pandemia de Covid-19, tem recebido apoio de grande parte da população.

"Eu tenho usado desde o começo. O tempo todo, mesmo ao ar livre. Então, não tenho problemas. Acho que eles deveriam ter feito isso desde o início", lamenta Gina Gilbert.

Só crianças estão liberadas

O governo anunciou que "sanções penais" estão sendo consideradas para aqueles que, além dos menores de 12 anos, não respeitarem a nova regra.

Em Bruxelas, mesmo antes dessa decisão, alguns comerciantes já aconselhavam seus clientes a usarem a máscara. "Não é nada agradável e é muito complicado. Mas é obrigatório. Se não queremos ter uma segunda onda, temos de passar por essa fase. Muitas pessoas são bastante repulsivas a esse tipo de restrição e, portanto, é bom pedir para que elas sigam as regras ", disse Yves Manet, que trabalha como florista.

Bernard, por sua vez, que viveu em Bruxelas por 79 anos, afirma que é dada mais atenção às precauções de saúde na capital do que no interior: "Comprei uma casa em uma cidade pequena e coloquei uma máscara para ir ao comércio. Todo mundo riu de mim. Mas não me incomodo de usá-la. De vez em quando é até bom, principalmente quando não faço a barba", brincou.

Para empresas ou museus, a decisão vai muito bem, mas a obrigação de usar uma máscara durante um show inteiro ou uma exibição de cinema pode ter um apelo menor. Porém, popularidade não é a prioridade do governo da Bélgica neste momento, país onde a Covid-19 deixou quase 10.000 mortos. "O decreto ministerial prevê especificamente a possibilidade de fechar estabelecimentos que violam repetidamente as regras existentes", ameaça o executivo.

 

Notícias