PUBLICIDADE
Topo

Schelp: 'frase de Eduardo Bolsonaro sobre autogolpe é para acender alerta'

do UOL

Do UOL, em São Paulo

31/05/2020 04h00

Em participação numa live ao lado do blogueiro Allan dos Santos, o deputado federal Eduardo Bolsonaro (PSL-RJ), filho de Jair Bolsonaro (sem partido), declarou que participa de reuniões em que se discute "quando" acontecerá o "momento de ruptura" no Brasil, indicando a possibilidade de um autogolpe, como resposta a uma operação da Polícia Federal que cumpriu mandados de busca e apreensão contra apoiadores do presidente, em inquérito sobre propagação de fake news.

No podcast Baixo Clero #41, o jornalista Diogo Schelp analisa a gravidade dessa declaração e o perigo que a democracia corre no Brasil no momento de tensão entre o Executivo e o Judiciário.

"Depois de o Brasil ter se livrado, há algumas poucas décadas, da ditadura militar, ele falar uma frase em que claramente admite que ele e o entorno no bolsonarismo estão discutindo um autogolpe... Isso me parece gravíssimo", afirma Schelp (disponível no arquivo acima a partir de 41:40).

"Bolsonaro já fez ameaças veladas quando foi para a frente de quartel. O general Augusto Heleno fez aquela ameaça em nota velada, com aquelas palavras ali escolhidas a dedo. A Carol, em episódio anterior, já se referiu ao artigo do Hamilton Mourão. Mas essa frase do Eduardo Bolsonaro realmente é para acender o alerta de todo mundo que preza a democracia", completa o jornalista.

Schelp afirma ainda que não há nada que justifique qualquer intenção de fechar o Congresso ou o Supremo Tribunal Federal.

"Nenhuma desculpa, para deixar claro, nenhuma desculpa justifica fechar o Congresso e o STF. Nada, nenhum tipo de medida que possa ser entendida como um pouco abusiva, um pouco além do que se espera daquele Poder. Nenhuma dessas, nada disso pode servir de justificativa. Tem que aprender a lidar com esse governo, ele não é um governo normal", conclui o jornalista.

Baixo Clero está disponível no Spotify, na Apple Podcasts, no Google Podcasts, no Castbox, no Deezer e em outros distribuidores. Você também pode ouvir o programa no YouTube. Outros podcasts do UOL estão disponíveis em uol.com.br/podcasts.

Notícias