PUBLICIDADE
Topo

Clarissa Garotinho propõe aumentar pena de agressão contra jornalistas

12.mar.2015 - Deputada Clarissa Garotinho discursa durante sessão da CPI da Petrobras - Sérgio Lima / Folhapress
12.mar.2015 - Deputada Clarissa Garotinho discursa durante sessão da CPI da Petrobras Imagem: Sérgio Lima / Folhapress
do UOL

Do UOL, em São Paulo

06/05/2020 09h22

A deputada federal Clarissa Garotinho (PROS-RJ) apresentou um projeto de lei na Câmara para aumentar a pena atrelada ao crime de lesão corporal quando ele for cometido contra profissionais da imprensa durante o exercício de sua profissão.

O PL agravaria entre um e dois terços a pena normalmente dispensada a este tipo de crime, e foi apresentado pouco depois das agressões sofridas por profissionais do jornal "O Estado de S. Paulo" em um ato pró-Bolsonaro em Brasília.

Segundo a parlamentar, "não é de hoje que o papel fiscalizador da imprensa tem causado incômodos", o que tem gerado "reações que ultrapassam os limites aceitáveis estipulados por uma sociedade civilizada".

Após o caso de agressão contra os profissionais do "Estado", a Procuradoria Geral da República (PGR) solicitou a apuração do ocorrido e punição dos responsáveis. Enquanto isso, o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) culpou a agressão em "algum maluco infiltrado" na manifestação, e disse condenar a violência.

Notícias