PUBLICIDADE
Topo

Fernández faz aniversário e pede presente que argentinos cumpram quarentena

02/04/2020 23h00

Buenos Aires, 2 abr (EFE).- O presidente da Argentina, Alberto Fernández, completou 61 anos nesta quinta-feira e, como presente, pediu que os cidadãos de seu país se cuidem, cumprindo a quarentena decretada pelo seu governo para enfrentar o novo coronavírus.

"Não parem de se cuidar. É o melhor presente que podem me dar. Um abraço à distância", escreveu o presidente a Pablo, um dos muitos usuários do Twitter que, parabenizando-o, observou que seu "humilde presente" será "nunca violar a quarentena", um confinamento geral que durará pelo menos até o próximo dia 12.

É o primeiro aniversário de Fernandéz na presidência. Embora seu principal desafio em assumir o poder, em dezembro do ano passado, fosse enfrentar a recessão que arrasa o país há dois anos, o presidente agora acrescenta o desafio de enfrentar a luta contra a propagação da Covid-19, que até agora infectou mais de 1 mil pessoas na Argentina, deixando cerca de 30 mortos.

Notícias