PUBLICIDADE
Topo

EUA retoma treinamento de militares sauditas

26/02/2020 14h55

Washington, 26 Fev 2020 (AFP) - O Pentágono anunciou nesta quarta-feira que retomou o treinamento de pilotos militares sauditas, dois meses depois que um desses estudantes matou três americanos em uma base na Flórida.

Mohamed Alshamrani, segundo tenente da Força Aérea Real Saudita de 21 anos, matou três pessoas em 6 de dezembro e feriu outras oito com uma arma que ele havia obtido dentro de uma instalação da base de Pensacola, no sudeste da Flórida.

Agentes o mataram no local do ataque.

Alshamrani participava de um curso de treinamento que todos os anos os Estados Unidos oferecem a centenas de militares estrangeiros.

O Pentágono cancelou esse curso para os quase 850 sauditas.

Uma investigação provou que Alshamrani defendia ideias de extremismo islâmico, mas que ele executou seu ataque sozinho. No entanto, 21 companheiros de treinamento foram expulsos após a descoberta de material jihadista e pornografia infantil.

O procurador-geral dos EUA, Bill Barr, disse em janeiro que o tiroteio foi um "ato de terrorismo".

mh/ft/dga/mps/mr/cc

Notícias