PUBLICIDADE
Topo

Air Nostrum: conheça a aérea espanhola que quer ter voos dentro do Brasil

Bombardier CRJ1000 da Air Nostrum - Divulgação
Bombardier CRJ1000 da Air Nostrum Imagem: Divulgação
do UOL

Vinícius Casagrande

Colaboração para o UOL, em São Paulo

23/02/2020 04h00

Resumo da notícia

  • Segundo a Anac, aérea espanhola deve iniciar voos domésticos no segundo semestre
  • Apesar do anúncio da Anac, aérea segue em silêncio sobre seus planos para o Brasil
  • Empresa opera na Espanha em parceria com a Iberia para voos regionais
  • Empresa utiliza jatos da Bombardier e turboélices da ATR

A espanhola Air Nostrum pode ser a primeira companhia aérea estrangeira a ter voos domésticos no Brasil após a aprovação, em maio do ano passado, da lei que permitiu 100% de capital estrangeiro em companhias aéreas.

Apesar de pouco conhecida, a Air Nostrum tem mais de 75 mil voos e transporta mais de 5,2 milhões de passageiros por ano. A empresa tem foco na aviação regional e opera em parceria com a também espanhola Iberia. Os aviões da Air Nostrum são pintados, inclusive, com a marca Iberia Regional.

A empresa ainda não divulgou nenhum detalhe sobre seus planos de atuação no país. O UOL entrou em contato com a assessoria de imprensa da Air Nostrum, mas não teve resposta.

"A gente acredita que deve ser algo no mesmo padrão de voos regionais, mas essa é uma decisão da empresa", afirmou o diretor da Anac (Agência Nacional de Aviação Civil) Ricardo Catanant, em entrevista ao UOL.

Caso se concretizem os planos, a empresa pode chegar ao país com outro nome e outros modelos de aviões. Se adotar o mesmo modelo de negócios da matriz espanhola, é possível que só desembarque no país com acordo firmado com alguma companhia aérea brasileira.

Air Europa ficou para trás

Segundo a Anac, a Air Nostrum já iniciou os trâmites para ser autorizada a operar no país, e os voos devem começar no segundo semestre. "A Air Nostrum já chegou em um estágio mais avançado do que a Air Europa", disse Catanant.

A também espanhola Air Europa chegou a pedir autorização para operação no país em maio do ano passado, mas o projeto nunca avançou. Em novembro, ela foi vendida para o grupo IAG, que controla a British Airways e a Iberia, e as chances de operar rotas domésticas no Brasil diminuíram.

Foco em voos regionais

Fundada em 1994 com o nome de Air Nostrum Líneas Aéreas del Mediterráneo, a companhia já nasceu com o objetivo de fazer voos regionais. Apenas três anos depois do seu surgimento, fechou um acordo com a Iberia para distribuir os passageiros em rotas de menor procura, com distância entre 200 e 500 quilômetros.

A empresa opera cerca de 200 voos diários para cerca de 50 aeroportos de sete países, na Europa e norte da África. Por número de movimentos e volume de rotas, a Air Nostrum afirma ser líder de mercado em voos entre o aeroporto de Madri (Espanha) e destinos franceses.

Além da parceria com a Iberia, a Air Nostrum também atua com voos fretados e aluguel de seus aviões para outras companhias aéreas.

Aviões Bombardier e ATR

A frota da Air Nostrum é formada por 22 jatos Bombardier CRJ 1000 e mais 11 turboélices ATR-72. A companhia aérea ainda tem dois CRJ 100, quatro CRJ 200 e dois CRJ 900. A frota da Air Nostrum tem uma idade média de 7,6 anos, segundo o site Air Fleets.

O Bombardier CRJ 1000 da Air Nostrum tem capacidade para 100 passageiros. Os assentos são configurados no padrão 2-2, sem a poltrona do meio, como também ocorre nos jatos da Embraer usados no Brasil pela Azul. O espaço entre os assentos é de 79 centímetros.

No caso dos ATR-72, a configuração da Air Nostrum é um pouco mais apertada do que a Azul adota no mesmo modelo de avião. Ao reduzir o espaço entre as poltronas (76 cm), a companhia aérea espanhola leva quatro passageiros a mais (74 contra 70) que a Azul.

Por operar em parceria com a Iberia, a Air Nostrum não segue o padrão "low cost". As políticas de bagagem, marcação de assento e até as refeições do serviço de bordo seguem as orientações da Iberia.

Veja mais economia de um jeito fácil de entender: @uoleconomia no Instagram.
Ouça os podcasts Mídia e Marketing, sobre propaganda e criação, e UOL Líderes, com CEOs de empresas.
Mais podcasts do UOL em uol.com.br/podcasts, no Spotify, Apple Podcasts, Google Podcasts e outras plataformas.

Como é o teste de um avião novo, que inclui até queda de barriga

UOL Notícias

Notícias