Topo

Gulfstream coloca G700 na disputa dos maiores jatos executivos

Thomas Black

22/10/2019 10h57

(Bloomberg) -- A Gulfstream tenta recuperar o direito de se declarar fabricante do maior jato particular do mundo.

A companhia apresentou planos para uma versão mais espaçosa do G650, que no ano passado foi desbancado como maior jato de luxo pelo Global 7500, da Bombardier. O G700 da Gulfstream, com estreia prevista para 2022, terá autonomia para 7.500 milhas náuticas e quase a velocidade do som.

Durante uma conferência do setor na segunda-feira, em Las Vegas, o presidente da Gulfstream, Mark Burns, disse que o G700 tem "a cabine mais alta, larga e comprida" do segmento.

A Gulfstream, que é uma divisão da General Dynamics, aposta que, a um custo de US$ 76 milhões, o G700 atrairá os viajantes mais ricos do planeta com sua cabine maior e autonomia prolongada. O lançamento será por meio da Qatar Airways, que encomendou 10 aeronaves para o serviço de fretamento Qatar Executive.

No entanto, os compradores do mercado de jatos de luxo expressam maiores preocupações. Uma desaceleração nos pedidos pode causar freada nas entregas a partir de 2021, de acordo com estudo da Honeywell International. A expectativa é que vários novos modelos de aeronaves aumentem as entregas neste ano e no próximo, porém ameaças de longo prazo estão surgindo a partir da guerra comercial entre EUA e China, da saída iminente do Reino Unido da União Europeia e da instabilidade da economia global.

A Bombardier iniciou as entregas do Global 7500 em dezembro, provocando especulações de que a Gulfstream reagiria com um avião maior. O jato da Bombardier, que chegou ao mercado com dois anos de atraso, foi projetado em cima de um novo design.

"O Global 7500 é o carro-chefe da indústria. É um design feito a partir do zero, construído para funcionar como nenhum outro", disse David Coleal, presidente da unidade de aviação da Bombardier. "Lembrem que qualquer outro é apenas esticado."

O avião Bombardier tem alcance de 7.700 milhas náuticas e pode chegar à velocidade Mach 0,925, ou pouco menos que a velocidade do som. A aeronave de US$ 73 milhões tem 104 pés de envergadura e 111 pés de comprimento, o que significa espaço para quatro zonas de assentos.

Antes de anunciar o mais novo avião, a Gulfstream esperou iniciar as entregas de dois novos jatos menores ? G500 e G600. O G600 começou a chegar aos clientes em junho e o G500 estreou cerca de um ano antes. Os modelos foram apresentados em 2014. O G650 estreou em 2012.

Notícias