Topo

Bolsonaro deixa hotel em Nova York para compromisso fora de agenda

Deputados e senadores analisarão medidas vetadas por Bolsonaro -  Agência Senado
Deputados e senadores analisarão medidas vetadas por Bolsonaro Imagem: Agência Senado
do UOL

Tatiana Pronin

Colaboração para o UOL, em Nova York

23/09/2019 22h09

O presidente Jair Bolsonaro deixou o hotel InterContinental na noite de hoje, apesar de sua assessoria ter informado aos jornalistas que não havia nenhum compromisso oficial agendado. O presidente desembarcou na cidade às 15h15 (horário local), e chegou ao hotel mais de uma hora depois. Ele entrou sem falar com a imprensa.

A primeira-dama Michele Bolsonaro saiu sozinha, para um encontro com outras primeiras-damas organizado pela Missão do Paraguay. O filho do presidente, Eduardo Bolsonaro, também deixou o hotel sozinho no fim da tarde, e informou apenas que teria um encontro com a comunidade brasileira.

Pouco antes, em conversa a jornalistas, o assessor especial para assuntos internacionais da presidência Filipe Martins afirmou que a viagem do presidente Bolsonaro havia sido tranquila. Disse que ele ainda apresenta algumas dores no local dos pontos e continua com uma dieta pastosa, por causa da cirurgia de hérnia a que foi submetido recentemente.

Devido a suas condições de saúde, todos os compromissos bilaterais do presidente foram cancelados e ele voltará mais cedo ao Brasil, nesta terça-feira à noite. Ele afirmou que não haveria jantar com o presidente norte-americano Donald Trump.

Filipe não quis dar detalhes, mas demonstrou que o governo estava satisfeito com a votação a favor da reativação do Tiar, o pacto de defesa interamericano Tiar, a fim de que os países integrantes possam atuar na crise da Venezuela.

Mais Notícias