Topo

Autoridade marítima iraniana diz que petroleiro birtânico Stena Impera será liberado em breve

22/09/2019 16h14

Por Anna Ringstrom

ESTOCOLMO (Reuters) - O Stena Impero, navio petroleiro de bandeira britânica detido pelo Irã desde 19 de julho, será liberado em breve, disse uma autoridade marítima iraniana neste domingo, de acordo com a agência de notícias semiestatal Fars.

O cargueiro foi detido pela Guarda Revolucionária do Irã no Estreito de Hormuz por supostamente ter violado regras marítimas. A detenção ocorreu duas semanas depois de um cargueiro iraniano ter sido capturado pelo Reino Unido em Gibraltar. Esta embarcação foi liberada em agosto.

"Após a decisão pelo fim da detenção do cargueiro britânico Steno Impero ter sido emitida, este navio vai em breve, após se passarem 65 dias, começar sua movimentação para o porto de Bandar Abbas, em direção a águas internacionais", disse Allahmorad Afifipour, diretor da Organização Marítima e de Portos do Irã na província de Hormozgan.

O procedimento para que o petroleiro deixe as águas iranianas começou, mas o processo legal contra o navio ainda permanece aberto, e o desfecho do caso ainda será anunciado, disse Afifipour.

Ele não detalhou quando o cargueiro será liberado.

O presidente da empresa sueca que é dona da embarcação disse que o petroleiro deve ser liberado nas próximas horas.

A emissora pública sueca SVT citou Erik Hanell, presidente-executivo da Stena Bulk, que afirmou: "Recebemos informações nesta manhã de que aparentemente eles vão liberar o navio Stena Impero nas próximas horas. Então entendemos que a decisão política de liberar o navio foi tomada".

"Esperamos poder sair em poucas horas, mas não queremos antecipar os acontecimentos. Queremos ver o navio navegando para fora de águas territoriais iranianas", disse Hanell à SVT.

Até a publicação desta reportagem, Hanell não respondeu a pedidos de comentário.

Mais Notícias