Topo

Caixa soma 12 milhões de transações no 1º sábado de abertura por causa do FGTS

Aline Bronzati

São Paulo

14/09/2019 20h21

A Caixa Econômica Federal registrou cerca de 12 milhões de transações no primeiro sábado após a liberação do pagamento do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS). O número, que considera os canais de atendimento da instituição, incluindo lotéricas, autoatendimento e telesserviço é 80% maior que o registrado em sábados comuns, conforme o banco estatal.

A maior parte das transações, mais de 8,4 milhões, foram feitas no internet banking e nos canais 'mobile'. Na sequência, vieram os caixas eletrônicos (ATM, na sigla em inglês), com pouco mais de 1 milhão de registros.

A Caixa ainda não contabilizou, contudo, o atendimento nas agências, que abriram neste sábado pela primeira vez para o pagamento do saque imediato do FGTS. A rede física esteve aberta das 9 horas às 15 horas para atender trabalhadores interessados em retirarem seus recursos ou esclarecerem dúvidas.

Ontem (13), o banco público creditou R$ 4,97 bilhões nas contas de mais de 12 milhões trabalhadores com conta na instituição e, por isso, não precisarão solicitar os saques. Nesta primeira etapa, serão atendidos os nascidos entre janeiro e abril que têm poupança ou registraram opção por crédito em conta corrente na Caixa e têm dúvidas sobre o tema.

Ontem pela manhã, o presidente do banco estatal, Pedro Guimarães, deixou um evento do setor de construção em São Paulo com destino ao Amazonas por conta do pagamento do FGTS. Hoje, o executivo, ao lado da equipe do Caixa Mais Brasil que tem visitado diversos Estados brasileiros, aproveitou o funcionamento das agências e foi até a unidade em Aleixo, bairro da capital amazonense, para acompanhar o atendimento aos clientes interessados no saque do FGTS.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{user.alternativeText}}
Avaliar:

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Notícias