Topo

Governo do Rio custeará sepultamento de sequestrador de ônibus

do UOL

Lola Ferreira

Colaboração para o UOL, no Rio

20/08/2019 17h51

A secretária estadual de Vitimização e Pessoas com Deficiência, Major Fabiana Silva Poubel, afirmou hoje que o Estado do Rio pagará o sepultamento de Willian Augusto da Silva, de 20 anos. Na manhã de hoje, ele sequestrou um ônibus por cerca de três horas, na Ponte Rio-Niterói.

A secretária afirmou que o apoio à família de Willian foi determinação do governador Wilson Witzel.

"Ficou uma família, e o governador determinou que a gente apoiasse a família do sequestrador também. Foi dado todo o suporte. Amanhã irão com a Secretaria de Vitimização à Defensoria Publicar para que a defensoria faça, através do governo do estado, o sepultamento, porque a família não tem condições de arcar com esse sepultamento", explicou.

A major também explicou que, no entendimento do estado, após ouvir familiares, Willian "assumiu o resultado que se deu". Ela define a família do sequestrador como "do bem" e explica que é atribuição da secretária recém-criada cuidar de todos.

"A família é de pessoas do bem. Eles estão chocados porque não acreditavam que a depressão levaria uma pessoa a ameaçar tantas vidas e colocar em risco tantas vidas. Antes que ela eliminasse tantas outras, o resultado foi o que vimos hoje pela manhã."

Pouco antes de Fabiana falar à imprensa, a mãe do sequestrador Willian Augusto da Silva deixou a Delegacia de Homicídios de Niterói, por volta das 17:20. Ela prestou depoimento durante toda a tarde. Saiu acompanhada por dois familiares, mas não falou à imprensa.

A mulher chegou à delegacia com dores na coluna, e no momento de sair sentiu dores e teve de deitar por alguns segundos no banco traseiro da viatura.

A secretária explicou que a família foi para casa e que terá todo o aparato do estado que seja necessário daqui para frente.

Mais Notícias