Topo

Honda Civic 2020 ganha facelift e versão inédita para encarar novo Corolla

do UOL

Vitor Matsubara

Do UOL, em São Paulo (SP)

07/08/2019 15h36

Resumo da notícia

  • Linha 2020 do sedã traz mudanças sutis na grade frontal e para-choques
  • Nova versão de entrada LX e mais equipamentos são outras novidades
  • Motores não mudam: 2.0 de até 155 cv e 1.5 turbo de 173 cv

A Honda revelou hoje (7) a linha 2020 do Civic. O sedã traz um novo design, a inédita versão LX (pelo menos nesta geração) e mais equipamentos a partir de agosto, quando desembarca na rede de concessionárias. A meta é clara: combater o novo Toyota Corolla, que deve ser lançado no Brasil em setembro.

Veja abaixo os preços do Civic 2020:

+ Honda Civic LX 2.0 CVT: R$ 97.900 (nova versão)

+ Honda Civic Sport 2.0 CVT: R$ 104.100 (aumento de R$ 4.200)

+ Honda Civic EX 2.0 CVT: R$ 107.600 (aumento de R$ 4.200)

+ Honda Civic EXL 2.0 CVT: R$ 112.600 (aumento de R$ 2.600)

+ Honda Civic Touring 1.5 CVT: R$ 134.900 (aumento de R$ 6 mil)

O sedã passou por sua primeira reestilização. A frente ganhou um novo para-choque com grade frontal e molduras laterais do para-choque com acabamento cromado nas versões LX, EX e EXL - a configuração Sport tem detalhes na cor preta. As colunas das portas têm pintura em preto brilhante nas versões EXL e Touring.

Atrás, todas as versões ganharam um detalhe cromado na parte inferior do para-choque, sendo que a Sport traz aerofólio. As rodas de liga leve de 17 polegadas tem 10 raios e acabamento em grafite brilhante em quase todas as versões. A Sport, por sua vez, tem rodas com acabamento diamantado escurecido.

O interior traz revestimento do console central e laterais das portas em material sintético. As versões LX e Sport trazem bancos em tecido na cor preta, enquanto as demais podem vir com revestimento em couro nas cores preto ou cinza, dependendo da cor da carroceria.

Versões ganham mais conteúdo

O Civic sai de fábrica com 6 airbags, ar-condicionado digital, freio de estacionamento elétrico, assistente de partida em rampas, piloto automático, modo Econ de condução econômica, vidros elétricos com função "um toque", sistema de som com tela de cinco polegadas na versão LX e central multimídia com tela tátil de sete polegadas e suporte a Apple CarPlay e Android Auto nas demais versões, volante multifuncional, câmera de ré e rodas de liga leve de 17 polegadas.

Todas as configurações são oferecidas com câmbio CVT, o que significa o fim do câmbio manual na versão Sport.

Na linha 2020, o carro ganhou sensor de pressão nos pneus. A versão Sport agora traz acendimento automático dos faróis e central multimídia, enquanto a versão EX vem com sistema de som com oito alto-falantes, bancos revestidos em couro e retrovisor interno fotocrômico.

A versão EXL traz todos os itens mencionados anteriormente mais sensor de chuva, saídas de ar-condicionado para o banco traseiro e destravamento das portas e partida do motor sem chave.

Já a configuração topo de linha Touring agrega sistema de som com 10 alto-falantes e subwoofer, carregador de smartphones por indução e banco do motorista com regulagens elétricas.

O Civic 2020 é vendido com as mesmas motorizações de antes: as versões LX, EX, EXL e Sport vem com o 2.0 i-VTEC flex de até 155 cv e torque máximo de 19,5 kgfm. Já o motor 1.5 turbo com injeção direta movido a gasolina entrega 173 cv e 22,4 kgfm.

Mais Notícias