Topo

Avião do futuro promete comissário robô e espaço garantido para mala

do UOL

Vinícius Casagrande

Colaboração para o UOL, em São Paulo

23/07/2019 04h00

Em pouco mais de uma década, a experiência de viajar de avião pode ser bem diferente da atual. Em um vídeo futurista, a Airbus revelou quais são as principais inovações que pretende implementar na cabine de passageiros até 2030. Segundo a fabricante europeia, os viajantes terão à disposição novas tecnologias a bordo, como comissário de bordo robô para alguns serviços, espaço garantido para malas de mão, realidade aumentada e poltronas giratórias.

O vídeo da Airbus mostra uma cabine futurista. Usando recursos de tecnologia aumentada, as paredes podem ser transformadas em telas virtuais. Elas serão usadas para o entretenimento, acessar dados pessoais com o uso da conexão à internet e até para o serviço de bordo.

Assentos com maciez individualizada

Os assentos também prometem ser mais confortáveis que os atuais. Segundo a Airbus, serão usados novos materiais inteligentes nas poltronas que podem ajustar a maciez de acordo com o peso do passageiro. As poltronas poderão girar 180 graus.

Bagagem de bordo garantida

A tendência de as companhias aéreas cobrarem pelo despacho de bagagem não deve desaparecer em uma década. Com isso, a Airbus planeja ter bagageiros internos maiores. Atualmente, não há espaço para as malas caso todos os passageiros levem uma bagagem de mão do tamanho máximo permitido. Segundo a Airbus, haverá um espaço exclusivo para cada passageiro.

Robôs atendendo alguns serviços

O serviço de bordo também vai ganhar novos recursos para deixar o atendimento mais rápido e personalizado. Os passageiros poderão fazer pedidos diretamente das telas individuais, facilitando o trabalho dos comissários de bordo. Em alguns pontos, o serviço poderá ser até mesmo automatizado, feito por robôs.

Espaço para alongamento

Uma das principais novidades está na possibilidade de reconfiguração de algumas aéreas internas dos aviões. Além das poltronas giratórias, algumas áreas poderão sofrer adaptações durante o voo para diferentes usos, como espaço para os passageiros se alongarem.

Segundo o vice-presidente de marketing de cabine da Airbus, Ingo Wuggetzero, a projeção dos conceitos foi criada em parceria com especialistas da indústria aeronáutica, companhias aéreas e até startups do Vale do Silício (EUA). "A ideia é dar mais escolhas ao passageiro e também serviços mais personalizados para uma experiência única", afirmou.

Mais Notícias