Topo

Polícia detém outro suspeito de envolvimento com tiroteio em Utrecht

2019-03-19T20:07:00

19/03/2019 20h07

Utrecht (Holanda), 19 mar (EFE).- A polícia da Holanda prendeu nesta terça-feira um novo suspeito de envolvimento com o tiroteio ocorrido ontem na cidade de Utrecht, um homem de 40 anos, enquanto outros dois detidos foram liberados.

Em comunicado divulgado hoje à noite, o Ministério Público do país explicou que o novo suspeito foi detido às 15h30 (horário local, 11h30 em Brasília) na própria residência em Utrecht, mas ainda está sendo investigado pelo papel no tiroteio.

O principal suspeito do ataque, o turco de 37 anos Gökmen Tanis, permanece preso e está sendo interrogado sobre os motivos que o levaram a atirar contra os viajantes de um bonde na zona oeste de Utrecht. Os outros dois detidos, dois irmãos de 23 e 27 anos, foram liberados sem acusações.

A promotoria ressaltou que "não foi possível estabelecer a relação (dos outros dois detidos) com o tiroteio e (que eles) já não são suspeitos na investigação" que está em andamento para determinar qual foi o motivo do ataque.

Depois de descartarem a relação familiar do atirador com alguma das vítimas, as autoridades holandesas mantêm sobre a mesa todas as possibilidades. EFE

Mais Notícias