PUBLICIDADE
Topo
Notícias

Notícias

Conteúdo publicado há
1 mês

China critica venda de submarinos nucleares dos Estados Unidos para Austrália

Zhao considerou que a aquisição de submarinos americanos contradiz os compromissos da Austrália em matéria de não proliferação nuclear - Reuters
Zhao considerou que a aquisição de submarinos americanos contradiz os compromissos da Austrália em matéria de não proliferação nuclear Imagem: Reuters

Em Pequim

16/09/2021 08h09

A China denunciou hoje a venda "extremamente irresponsável" de submarinos nucleares americanos para a Austrália, no âmbito de uma nova aliança, da qual Reino Unido também faz parte.

"A cooperação entre Estados Unidos, Grã-Bretanha e Austrália em submarinos nucleares mina, de maneira grave, a paz e a estabilidade regionais, intensifica a corrida armamentista e compromete os esforços internacionais de não proliferação nuclear", disse o porta-voz da diplomacia chinesa, Zhao Lijian.

O porta-voz acusou os três países de exibirem uma "mentalidade de Guerra Fria" e de usarem armas nucleares para fins geopolíticos.

China e Austrália mantêm relações tensas há um ano e meio.

Zhao considerou que a aquisição de submarinos americanos contradiz os compromissos da Austrália em matéria de não proliferação nuclear.

Diante da crescente influência da China na região do Indo-Pacífico, os Estados Unidos anunciaram ontem uma nova aliança com Austrália e Reino Unido para fortalecer as capacidades navais nesta área, com uma nova frota australiana de submarinos nucleares.

O anúncio também teve uma rápida reação da França, que negocia uma venda multimilionária de submarinos convencionais para a Austrália.

Notícias