PUBLICIDADE
Topo
Notícias

Notícias

Quadro de saúde de Bruno Covas é irreversível, diz equipe médica

14/05/2021 20h44

(Texto atualizado com mais informações)

(Reuters) - O quadro de saúde do prefeito licenciado de São Paulo, Bruno Covas (PSDB), é considerado irreversível, de acordo com o boletim da equipe médica divulgado na noite desta sexta-feira.

"O prefeito Bruno Covas segue internado no Hospital Sírio-Libanês recebendo medicamentos analgésicos e sedativos. O quadro é considerado irreversível pela equipe médica", segundo o boletim.

O comunicado disse que Bruno Covas encontra-se no quarto acompanhado de familiares.

Aos 41 anos, Bruno Covas trava uma batalha com um câncer mesmo em meio à pandemia de coronavírus. Reelegeu-se para o cargo em novembro passado e pediu licença no início do mês após uma piora no seu quadro de saúde. A prefeitura da maior cidade do Brasil está sendo comandada pelo vice-prefeito, Ricardo Nunes (MDB).

Neto do ex-governador e ex-prefeito de São Paulo Mario Covas, falecido em decorrência de um câncer no início de 2001, Bruno nasceu em Santos, e completou, em 7 de abril, 41 anos.

Formado pela Faculdade de Direito do Largo São Francisco (USP) e economista pela PUC-SP, foi presidente estadual e nacional da juventude do PSDB e ocupou outros cargos dentro da legenda. Já foi deputado estadual, deputado federal e também assumiu secretaria no governo do Estado de São Paulo.

Em janeiro de 2017, para assumir a vice-prefeitura de São Paulo, renunciou ao mandato de deputado federal.

Elegeu-se vice-prefeito na chapa de João Doria em 2016, e assumiu o comando da capital paulista em 2018, quando Doria renunciou para disputar o governo do Estado, sendo reconduzido ao cargo na eleição do ano passado. Divorciado, tem um filho adolescente.

(Reportagem de Ricardo Brito e Maria Carolina Marcello)

Notícias