PUBLICIDADE
Topo
Notícias

Notícias

Conteúdo publicado há
1 mês

Jovem de 18 anos morre de covid-19 um mês após perder o pai para a doença

Adrian Vicente tinha 18 anos e morreu de covid-19 no interior de SP - Reprodução/Facebook
Adrian Vicente tinha 18 anos e morreu de covid-19 no interior de SP Imagem: Reprodução/Facebook
do UOL

Daniel César

Colaboração para o UOL, em Pereira Barreto (SP)

05/05/2021 13h24Atualizada em 05/05/2021 13h26

O jovem Adrian Vicente dos Santos, de 18 anos, morreu ontem em decorrência da covid-19, pouco depois do pai ter morrido com a mesma doença. As mortes aconteceram em Boa Esperança do Sul, interior de São Paulo, e causou comoção na cidade de pouco mais de 15 mil habitantes.

O jovem foi diagnosticado depois de já ter perdido o pai, Natalício Vicente, 45, que morreu no final de março por complicações causadas pela covid-19. Adrian vinha se tratando em casa e parecia que conseguiria se recuperar. Entretanto, o quadro de saúde se agravou nos últimos dias e ele foi encaminhado para a Santa Casa da cidade.

Ao UOL, um membro da família explica que o rapaz tinha comorbidades. "Ele passou mal no domingo e a diabetes subiu rapidamente. Ele era acima do peso, mas não sabia que tinha diabetes, descobriu só quando atacou a doença", conta um familiar que tem tentado dar forças à família neste momento, mas que pediu para não ser identificado.

"Ele descobriu na Santa Casa que tinha diabetes e já estava descontrolada. Ele ficou lá e foi piorando desde o domingo, aí acabou falecendo ontem."

A mãe de Adrian explicou ao UOL que está muito abalada, já que perdeu marido e filho em tão pouco tempo. Entretanto, como vem reforçando a família, ela irá encontrar forças porque tem outro filho menor para continuar criando, mesmo com a adversidade.

Vítima mais jovem da cidade

A prefeitura de Boa Esperança do Sul lamentou a morte de Adrian Vicente e soltou nota sobre o caso por se tratar da vítima mais jovem da cidade.

"18 anos é muito pouco tempo. 18 anos foi tudo que o jovem Adrian Vicente teve para viver entre nós. Adrian teve sua vida e sonhos interrompidos, como mais de 408 mil brasileiros, vítima do coronavírus. A morte dele nos faz ter cada dia mais certeza de que, apesar de termos grupos vulneráveis, todos somos vítimas em potencial desse vírus. Estamos longe de vencer a doença", diz texto publicado nas redes sociais.

"O que nós podemos fazer enquanto cidadãos é lutar para que nenhuma família mais sofra a dor que hoje sente a família do Adrian. Que sua morte, e de todos os boaesperancenses não seja em vão. Que seja o ponto de partida para que seus amigos, se conscientizem, fiquem em casa, só saiam quando necessário. Lutem com a doença seguindo todas as medidas de prevenção. A Prefeitura de Boa Esperança do Sul lamenta profundamente o ocorrido e manifesta seu mais sincero sentimento de profundo pesar."

Boa Esperança do Sul já conta com 684 casos confirmados de covid-19 e soma 13 mortes desde o início da pandemia.

Notícias