PUBLICIDADE
Topo
Notícias

Notícias

Conteúdo publicado há
1 mês

Embaixador do Vaticano no Iraque contrai covid-19 antes da visita do papa

6.jan.2021 - Papa Francisco celebra missa do Dia de Reis na Basílica de São Pedro, no Vaticano - Vatican Media/­Reuters
6.jan.2021 - Papa Francisco celebra missa do Dia de Reis na Basílica de São Pedro, no Vaticano Imagem: Vatican Media/­Reuters

28/02/2021 08h36

Bagdá, 28 Fev 2021 (AFP) - O embaixador do Vaticano em Bagdá, o núncio Mitja Leskovar, testou positivo para covid-19, informaram autoridades iraquianas, ao mesmo tempo que afirmaram que o resultado não terá nenhum impacto na visita do papa Francisco ao Iraque, que começa na sexta-feira (5).

Mitja Leskovar "testou positivo, mas isto não terá nenhum impacto na visita" do papa Francisco, de 5 a 8 de março, declarou à AFP uma fonte do governo do Iraque.

O país está preparado para receber o sumo pontífice, que fará uma visita sem precedentes na história do país, devastado por 40 anos de conflitos e violência.

Leskovar foi o responsável por viajar a diversas províncias iraquianas para organizar os preparativos da visita.

O papa Francisco, os clérigos e os jornalistas que o acompanharão na viagem foram vacinados contra a covid-19.

O Iraque, país de 40 milhões de habitantes, ainda aguarda a chegada das primeiras vacinas contra o coronavírus.

Recentemente, as autoridades decretaram medidas de confinamento para frear uma nova onda de contágios do vírus, que provocou mais de 692 mil casos e 13.300 mortes no país.

Notícias