PUBLICIDADE
Topo

Prefeitura de BH passa a multar em R$ 100 quem não usar máscara

No texto da lei, fica especificado que a máscara deve cobrir não só a boca, como o nariz da pessoa também - Alex de Jesus/O Tempo/Estadão Conteúdo
No texto da lei, fica especificado que a máscara deve cobrir não só a boca, como o nariz da pessoa também Imagem: Alex de Jesus/O Tempo/Estadão Conteúdo
do UOL

Do UOL, em São Paulo

14/07/2020 07h52Atualizada em 14/07/2020 09h12

O prefeito de Belo Horizonte, Alexandre Kalil (PSD), sancionou ontem uma lei que multa em R$ 100 o cidadão que não utilizar máscara de proteção facial em espaços públicos, no transporte público e em estabelecimentos comerciais.

A lei foi publicada hoje no DOM (Diário Oficial do Município), já entrou em vigor e terá efeito "enquanto perdurarem as medidas implementadas pelo executivo" para enfrentar a pandemia do novo coronavírus.

No texto da lei, fica especificado que a máscara deve cobrir a boca e o nariz da pessoa. Em caso de descumprimento, a GCM (Guarda Civil Municipal) de Belo Horizonte está autorizada a aplicar a multa.

A lei também determina que estabelecimentos comerciais, industriais e de serviços poderão ter o alvará de funcionamento suspenso pela prefeitura se permitirem a entrada de pessoas sem máscara.

Pessoas em situação de rua serão dispensadas da multa e apenas receberão uma "abordagem orientadora" da GCM caso sejam flagradas sem o equipamento.

Segundo dados atualizados ontem pela Secretaria de Saúde de BH, a capital mineira possui 10,6 mil casos oficiais do novo coronavírus e 270 mortes decorrentes da doença.

Veja como fazer a sua:

Notícias