Topo

Sem saber, atletas são gravadas em vestiário e vídeos caem em site pornô

Getty Images/iStockphoto
Imagem: Getty Images/iStockphoto
do UOL

Do UOL, em São Paulo

22/10/2019 15h48

Atletas do sexo feminino de uma universidade nos Estados Unidos foram gravadas enquanto trocavam de roupa e tomavam banho, sem saber, e as imagens acabaram publicadas, anos depois, em um dos maiores sites de pornografia do mundo, segundo informações do Courier Journal.

Estudantes da Bellarmine University, em Louisville, elas visitavam outra universidade, na Carolina do Sul, quando o crime aconteceu. Foi cedido às atletas um vestiário geralmente usado por alunos do sexo masculino, e lá as imagens foram feitas. Ao menos cinco vídeos foram gravados dentro do vestiário, mostrando cinco mulheres diferentes trocando de roupa ou tomando banho.

De acordo com registros da polícia do dia 10 de outubro, as gravações foram realizadas entre setembro de 2012 e outubro de 2013, mas só recentemente foram descobertas em um site de pornografia. Provavelmente, os vídeos foram feitos a partir de uma câmera instalada em uma das pias.

Uma investigação está em curso para identificar os criminosos, e os vídeos já foram removidos do site.

A polícia não divulgou nomes das vítimas, mas segundo autoridades da Bellarmine University, elas foram gravadas na Limestone College.

Notícias