Topo

Parte do pessoal norte-coreano volta a escritório de contato com o Sul

2019-03-25T06:23:00

25/03/2019 06h23

Seul, 25 mar (EFE).- Funcionários da Coreia do Norte foram nesta segunda-feira trabalhar ao escritório de contato que compartilha com a Coreia do Sul, confirmou à Agência Efe o Governo sul-coreano, depois que na sexta-feira Pyongyang retirou todo seu pessoal destas instalações, devido à deterioração do diálogo entre o regime norte-coreano e a comunidade internacional.

Em um breve comunicado do Ministério de Unificação da Coreia do Sul se explica que "alguns" representantes norte-coreanos se apresentaram hoje no edifício e que ambas as partes "tiveram consultas para trabalhar no escritório com normalidade".

O Ministério de Unificação explicou que, durante o encontro, os norte-coreano especificaram que vão manter trabalhando no escritório por enquanto entre quatro e cinco funcionários, mas que não designou nenhum delegado específico como interlocutor oficial.

Na sexta-feira o regime anunciou a Seul a retirada integral de seu pessoal (15 pessoas) deste escritório compartilhado, o qual representa uma nova mostra da deterioração do diálogo entre Pyongyang e a comunidade internacional, após a fracassada reunião de Hanói sobre desnuclearização.

O retorno parcial de funcionários norte-coreanos, um gesto cujo verdadeiro alcance é difícil de avaliar por enquanto, foi dado depois que o presidente dos EUA, Donald Trump, anunciou a retirada de sanções contra embarcações chinesas que forneceram petróleo à Coreia do Norte, transgredindo resoluções da ONU. EFE

Mais Notícias