Topo

Parlamento do Cazaquistão aprova mudança de nome da capital para Nursultan

2019-03-20T11:22:00

20/03/2019 11h22

Astana, 20 mar (EFE).- O Parlamento do Cazaquistão aprovou nesta quarta-feira em reunião conjunta de suas câmaras a emenda constitucional para mudar o nome da capital cazaque de Astana para Nursultan, em homenagem ao ex-presidente Nursultan Nazarbayev, que renunciou ontem após quase 30 anos no poder.

"Foi uma decisão histórica", afirmou o presidente da Câmara Baixa, Nurlan Nigmatulin.

A decisão foi tomada poucas horas depois da posse como presidente do país de Qasim-Zhomart Tokayev, que propôs a mudança de nome durante a cerimônia no Parlamento cazaque.

Após a aprovação da medida por unanimidade no Parlamento, só falta a assinatura do novo líder para que mudança de nome seja oficial.

O trâmite se deu por via urgente e através de uma emenda na Constituição, que estipulava a realização de um referendo, mas Tokayev decidiu, com o apoio da Comissão Constitucional, pular esse passo.

A primeira capital do Cazaquistão independente foi Alma-Ata, a cidade mais povoada do país.

Astana (que em idioma cazaque significa Cidade Capital) mudou várias vezes de nome ao longo da história: inicialmente se chamava Tselinograd, depois passou a se chamar Akmola (Túmulo Branco), denominação que mudou em 1998, quando foi declarada capital do Cazaquistão por iniciativa de Nazarbayev. EFE

Mais Notícias