Topo

Pedras azuis de Stonehenge datam de 3000 a.C., diz novo estudo

Ahrys Art/Getty Images/iStockphoto
Sítio arqueológico de Stonehenge, na Inglaterra Imagem: Ahrys Art/Getty Images/iStockphoto

Da EFE, em Londres

2019-02-19T13:15:00

19/02/2019 13h15

As conhecidas como "pedras azuis" que formam o monumento megalítico de Stonehenge, na Inglaterra, datam do ano 3000 a.C., é o que revela um estudo elaborado pela University College London (UCL) publicado nesta terça-feira na revista especializada "Antiquity".

Durante a pesquisa, foram realizadas escavações em duas pedreiras do País de Gales, de onde já se sabia que provêm as pedras azuis, que proporcionaram novas evidências de que sua extração aconteceu há 5 mil anos.

Essas 42 pedras são as menores que formam o famoso monumento de Stonehenge e são chamadas assim por terem sido construídas com blocos de arenito de tom azulado.

Os geólogos já sabiam que as pedras azuis provêm das colinas de Preseli em Pembrokeshire (no oeste do País de Gales), porém, este novo estudo indica as situações exatas de duas dessas pedreiras e revela quando e como foram extraídas as rochas.

Nas escavações, que duraram oito anos, participaram especialistas da UCL e arqueólogos de várias instituições de todo o Reino Unido, como a Universidade de Bournemouth, a Universidade de Southampton, a Universidade das Terras Altas e Ilhas e pesquisadores do Museu Nacional do País de Gales.

O professor de Arqueologia da UCL, Mike Parker Pearson, que liderou o estudo, disse que o mais "emocionante" desta descoberta é que ela traz a possibilidade de "solucionar o grande mistério de Stonehenge: por que suas pedras vieram de tão longe?".

"Todos os monumentos neolíticos restantes na Europa foram construídos com megálitos trazidos de não mais que 10 milhas de distância (aproximadamente 16 quilômetros)", afirmou o professor.

Pearson acrescentou que o objetivo agora é "descobrir o que havia de tão especial nas colinas de Preseli há 5 mil anos, e se havia círculos de pedra importantes ali, construídos antes que as pedras azuis fossem levadas para Stonehenge".

A maior pedreira de onde foram extraídas as rochas se encontra a quase 180 milhas (cerca de 290 quilômetros) de Stonehenge, na afloração de Carn Goedog, na encosta norte das colinas de Preseli.

Stonehenge é um dos monumentos megalíticos mais famosos do mundo, que foi construído no Período Neolítico há entre 4 mil e 5 mil anos perto da cidade de Amesbury, no condado inglês de Wiltshire, e ainda hoje está repleto de incógnitas que os arqueólogos tentam solucionar. EFE

Mais Notícias